Sucesso no Youtube: dá pra “viralizar” meu canal?

shape
shape
shape
shape
shape
shape
shape
shape

Sucesso no YouTube hoje traz pra você um assunto muito comentado entre quem produz vídeos. Como fazer um vídeo “viral”?

Fazer um vídeo “viral”. Ter milhões de visualizações e compartilhamentos. Acho que todo mundo que produz vídeos sonha com isso, não é verdade? E com certeza você, que quer ter sucesso no YouTube já sonhou com isso também. Mas vamos primeiro entender o que é um “vídeo viral”.

Vídeos virais são aqueles em que por ter alguma coisa muito chamativa ou diferente, é comentado amplamente principalmente nas redes sociais. Nem sempre o tema do vídeo é algo considerado importante, às vezes um vídeo engraçado com animais se torna famoso e é compartilhado milhares de vezes.

Vou dar um exemplo. No México um vídeo onde os pais de uma adolescente chamada Rubi se tornou a sensação do momento do final de 2016 (e até agora). Ela aparece num vídeo junto com seus pais, onde seu pai fala de como será sua festa de 15 anos. No final o pai diz que “todos estão cordialmente convidados” para festa. O resultado? Mais de 1 milhão e meio de pessoas viram o vídeo no Youtube e disseram que IAM ASSISTIR À FESTA!

A família se tornou a mais famosa do México, desde então. Todos se perguntavam se iam participar na tal “festa da Rubi”. Até canais da TV davam várias notícias sobre a tal festa e inclusive famosos se “auto convidaram” para participar. Por que se tornou viral?

Talvez pelo jeito simples e “caipira” do pai convidar e pelo fato de o vídeo em si ser um convite. Mas o ponto é: como eu faço pra conseguir um resultado desse com meus vídeos?

Quer a resposta honesta e direta? Pois bem, a verdade é que é impossível dizer se um vídeo vai viralizar ou não. Mas existem alguns ingredientes que ajudam a que um vídeo se torne viral:

  • O vídeo é extremamente engraçado e irreverente: mostra um situação muito inusitada ou diálogos surreais.
  • O vídeo é muito “fofo”: geralmente vídeos de bebês e com animais conseguem esses resultados mais facilmente.
  • O vídeo dá uma notícia muito importante (verdadeira ou não), e de tão importante ela é compartilhada milhares de vezes.
  • Ou traz uma lição de vida muito marcante a ponto de as pessoas quererem compartilhar

O ponto é que não existe uma certeza de que um vídeo que tenha essas características viralize, mas o que existe é um aumento das chances de isso acontecer. Você pode tentar isso no seu canal.

No caso dos canais do YouTube, as vezes o ponto é mais complexo para atingir a viralização. Recentemente o Canal do Deni, que é um canal de humor no estilo Vlogs viralizou. Deni até outubro de 2016 contava com 20 mil inscritos e “de repente” o canal dele viralizou de uma forma tão intensa que em menos de 3 meses ele conseguiu mais de 600 mil inscritos! Como pode isso?

Além do conteúdo dos vídeos ser bom (são muito engraçados o rapaz tem muito talento pro humor) existe pelo menos um motivo que podemos comentar: com a frequencia constante de vídeos sendo postados a cada semana e uma boa quantidade de pessoas curtindo e compartilhando o vídeo, o canal passou a ser visto pelo YouTube como um canal de boa qualidade e a plataforma a passou a recomendar e mostrar ele pra mais pessoas, que fizeram o mesmo e…bom aí você já sabe o resto.

Esse tipo de viralização não é comum e geralmente está associado à algum evento especial, como um vídeo extremamente interessante pra muita gente sendo compartilhado. As pessoas que gostaram do vídeo se inscrevem no canal pra ver outros vídeos com a mesma qualidade e é aí onde ocorre o encanto.

Sem o efeito viral, um canal geralmente leva mais de um ano (às vezes alguns anos) para se tornar conhecido. O grande segredo é fazer vídeos com boa qualidade (se pergunte: você assistiria e se inscreveria no seu canal?) e também a frequência é importante. Ah, e se você faz vários vídeos sobre um mesmo assunto, as possibilidades de seu canal ficar mais conhecido a médio prazo são grandes.

Esperamos que você tenha gostado desse artigo. Se gostou compartilhe nas redes sociais e comente se quiser.

E se quiser saber como podemos te ajudar com seu canal, clique aqui e saiba como se credenciar à Warp Media.

Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *