Guia do YouTube: como fazer as melhores descrições para seu vídeo e canal

As descrições do YouTube não são obrigatórias. Muitos YouTubers realmente os deixam em branco. No entanto, o bom marketing do YouTube começa com ótimas descrições do YouTube. Existem dois tipos de descrições que todo profissional de marketing precisa saber:

  1. A descrição de um canal do YouTube é o texto na página “Sobre” de seu canal. Isso ajuda os espectadores a entender o que esperar de sua marca.
  2. A descrição de um vídeo do YouTube é o texto abaixo de cada um de seus vídeos. Ajuda os espectadores a encontrar seu conteúdo e decidir se querem assisti-lo.

Feitas da maneira certa, as descrições do YouTube podem impulsionar o SEO, as inscrições, a contagem de visualizações e o tempo de exibição. Eles também podem ajudar a classificar seus vídeos na função de “pesquisa sugerida” do YouTube.

Então, como você cria descrições que funcionam? Aqui estão algumas de nossas estratégias favoritas.

Conte aos espectadores sobre você com as descrições do canal

A descrição de seu canal no YouTube deve dizer aos espectadores tudo o que eles precisam saber sobre você, seu canal e seus vídeos, sem revelar muito.

Deve fazer com que eles queiram se inscrever e assistir a alguns de seus vídeos para conhecê-lo melhor. Também é um bom lugar para responder a perguntas que eles possam ter sobre seu canal e conteúdo.

Aqui está como escrever a descrição perfeita do canal do YouTube:

  • Descreva seu canal. Isso pode ser a coisa mais óbvia a se fazer, mas é onde a maioria das pessoas se fixa. O objetivo desta descrição é dizer a seus espectadores o que acontecerá se eles se inscreverem e assistirem a seus vídeos. Que tipo de conteúdo eles verão? Com que frequência eles verão isso? Eles aprenderão alguma coisa? Certifique-se de que eles conheçam os benefícios da assinatura, como seu incrível senso de humor ou tutoriais fáceis de entender.
  • Inclua links para seu site, mídia social e loja online (se houver ). Você quer ter certeza de que os espectadores sabem onde encontrar você, então crie um link para tudo o que você deseja que as pessoas encontrem. Se você tiver um trailer do canal ou um vídeo introdutório, este seria um bom lugar para criar um link para ele também.
  • Inclua uma frase de chamariz para tudo o que você deseja que seus novos seguidores façam. Você quer que eles se inscrevam? Ative as notificações? Compartilhar seu conteúdo? Ou talvez se inscreva para receber newsletters? O que quer que você queira que eles façam, peça que façam! Fale de uma forma que eles não consigam resistir e coloque o CTA no final da descrição de seu canal. 
  • Escreva como se estivesse falando com um amigo. Você não quer tornar a descrição do seu canal muito formal. Deve ser fácil de ler, ou mesmo folhear, com frases curtas e parágrafos e talvez até com marcadores, se for aplicável ao seu conteúdo. Se você está tendo problemas com a descrição do seu canal, tente descrevê-lo para um amigo e use a mesma linguagem e terminologia que você usa para falar com ele!
  • Seja breve. Não exagere e dê-lhes muitas informações. Deixe-os querendo saber ainda mais além do básico do canal, porque isso os fará querer assistir aos seus vídeos ou visitar o seu site. Uma breve descrição do canal que vá direto ao ponto é o melhor

Modelo de descrição de canal

Veja o modelo de descrição de canal mais abaixo .

A descrição do canal ocupa apenas um parágrafo, mas os leitores sabem imediatamente que tipo de vídeos estarão em seu canal. A partir daí, eles listam todos os outros lugares onde desejam que os futuros assinantes os encontrem.

Para começar a escrever a descrição perfeita de seu canal, verifique nosso modelo de descrição de canal no YouTube abaixo:

Oi! Eu sou [seu nome]. No meu canal, você encontrará [tópico]. Eu amo [tópico] e compartilho minhas experiências com você. Inscreva-se para ver mais [tópico], [tópico] e [tópico] em seu feed!

[Programação dos vídeos semanais, o que você apresenta a cada semana]
  • O Facebook:
  • Twitter:
  • Instagram:
  • Blog / site / loja online, se tiver:

20 dicas para escrever descrições eficazes para vídeos no YouTube

1. Use palavras-chave específicas

Escolha uma ou duas palavras-chave que descrevam com precisão o seu conteúdo para maximizar o tráfego de pesquisa para o seu vídeo. Inclua-os na descrição e no título do seu vídeo para aumentar suas chances de classificação nos resultados de pesquisa de possíveis espectadores.

O mesmo vale para a descrição do seu canal. O algoritmo do YouTube dá muita importância às palavras-chave em sua página Sobre. Use-os com sabedoria.

Não tem certeza de quais palavras-chave usar? Ferramentas como o Planejador de palavras-chave do Google Ads e o Google Trends podem ajudar você a começar.

Basta digitar as palavras que melhor descrevem o assunto do seu canal ou vídeo e o Google irá sugerir as palavras-chave relacionadas mais próximas.

2. Repita suas palavras-chave

A repetição permite que o YouTube saiba que um termo específico é relevante para o seu vídeo ou canal. Use sua palavra-chave duas a três vezes para obter melhores resultados. Mais de três, e pode ser sinalizado como excesso de palavras-chave .

3. Encontre palavras-chave complementares

Inclua palavras-chave relacionadas em suas descrições. Isso fornece aos visualizadores informações extras sobre o seu conteúdo. Também ajuda a classificar esses termos nas pesquisas do Google e do YouTube.

4. Diga aos espectadores o que esperar

Se você deturpar seus vídeos, os espectadores vão parar de assisti-los no meio. Isso prejudicará seus rankings de pesquisa – bem como sua reputação.

Evite títulos indutores de cliques e palavras-chave irrelevantes. Eles podem ajudá-lo a se classificar no início, mas o algoritmo de pesquisa do YouTube vai pegar mais cedo ou mais tarde.

5. Escreva como um humano

Conheça o seu público! Use uma linguagem que seus espectadores entendam e se identifiquem. Incorpore palavras-chave de forma natural, não como uma lista.

Felizmente, você não precisa ser um criador de palavras para escrever uma boa descrição para o YouTube. Existem muitos recursos de escrita para ajudá-lo a aperfeiçoar suas habilidades.

6. Antecipar informações importantes

Sempre comece com um resumo atraente de seu vídeo ou canal. Mencione suas principais palavras-chave nas primeiras duas a três frases de sua descrição para obter melhores resultados.

Por quê? Por um lado, o algoritmo do YouTube prioriza o início de sua descrição. Acertar nas primeiras frases é fundamental para o seu SEO.

Finalmente, o início é a única parte da sua descrição que aparece “acima da dobra” na página de exibição. O resto do texto permanece oculto, a menos que alguém escolha “mostrar mais”.

7. Adicione links e metadados abaixo de “mostrar mais”

Se o espectador  decidir na sua descrição clicar em “mostrar mais”, as chances são de que eles amam seu material.

Use esta oportunidade para promover sua marca . Adicione uma breve descrição do canal, seus identificadores de mídia social e links de produtos relevantes.

Você também pode incluir metadados aqui para impulsionar seu SEO.

8. Otimize para CTR (taxa de cliques)

Procure obter descrições clicáveis ​​que resolvam problemas reais. Setenta por cento dos YouTubers da geração Y usam vídeos para aprender coisas novas. Tenha isso em mente sempre que escrever um texto de descrição.

9. Valor da oferta

Sempre inclua uma proposição de valor óbvia em suas descrições. Por que alguém deveria se inscrever em seu canal? Como seu vídeo os beneficiará?

Tente responder a pelo menos uma dessas questões em termos simples (bônus se você puder fazer as duas coisas).

10. Incluir CTAs

Agora que você tem a atenção do espectador, use-a!

As melhores frases de chamariz são claras, urgentes e mostram um benefício óbvio para o espectador. Bem feitos, eles podem aumentar o envolvimento, as assinaturas e muito mais.

Adicione uma frase de chamariz na descrição do vídeo e do canal. Incentive os espectadores a curtir, comentar, se inscrever ou ler mais. Inclua links para listas de reprodução relacionadas para que eles assistam ainda mais do seu conteúdo.

11. Economize tempo com as descrições padrão

Cansado de copiar e colar links de mídia social nas descrições de seus vídeos do YouTube?

Tente usar descrições padrão . Este recurso adiciona automaticamente informações importantes do canal a todos os vídeos que você enviar.

12. ..mas faça suas descrições originais

Descrições exclusivas geram melhores resultados de pesquisa do que os modelos. Além disso, eles são muito mais interessantes para seus assinantes!

As descrições padrão são uma maneira rápida de adicionar informações de contato e metadados básicos aos seus vídeos. Mas certifique-se de que o restante de sua descrição seja sempre atualizado.

13. Use os timestamps (carimbos de data / hora)

Nossos períodos de atenção estão mais curtos do que nunca . Adicione carimbos de data / hora às suas descrições para ajudar os espectadores a pular para o conteúdo que desejam.

Os carimbos de data / hora são especialmente úteis quando se trata de vídeos longos, como tutoriais de várias partes ou álbuns de música

17. Copie seus concorrentes (ou mais ou menos isso)

Os metadados desempenham um papel importante no algoritmo “Vídeo sugerido” do YouTube. É mais provável que seu vídeo apareça como uma sugestão de vídeo para conteúdo que usa palavras-chave semelhantes.

À medida que você escreve, navegue pelos vídeos populares sobre o mesmo assunto. Pegue algumas das principais palavras-chave de suas descrições e incorpore-as às suas.

18. Adicione links para recursos úteis

Indicar recursos úteis é uma maneira simples de mostrar ao público que você está pensando neles.

Você menciona alguma ferramenta, postagem de blog ou produto em seu vídeo? Crie um link para eles nas descrições de seus vídeos para que os espectadores possam encontrá-los facilmente.

19. Dê crédito às suas fontes

Você usou as imagens, músicas ou filmagens de outra pessoa? Liste-os abaixo da dobra na descrição de seu vídeo, junto com links para seus canais sociais.

Creditar suas fontes é a coisa justa a se fazer. Mas também é uma ótima maneira de construir relacionamentos e fomentar colaborações futuras.

20. Use o Youtube Analytics

A sua descrição está atraindo as visualizações que você deseja ?

Escrever descrições para o YouTube é tanto uma ciência quanto uma arte. Portanto, não tenha medo de experimentar! Ajuste sua cópia, acompanhe o que acontece e, em seguida, revise novamente.

O YouTube Analytics é a maneira mais eficaz de fazer isso . Isso pode ajudar você a entender quais palavras-chave estão gerando mais tráfego. Ele também permite que você explore quaisquer palavras-chave que possa ter perdido.

Como ganhar dinheiro com seu canal no YouTube mesmo no começo.

A era digital proporciona inúmeras maravilhas. O ato de ganhar dinheiro pela internet pode parecer algo totalmente complexo para alguns, mas acaba sendo uma profissão que rende milhões para alguns. E você, possui interesse? Caso tenha, você está no lugar certo.

Neste artigo , você saberá que é possível ganhar dinheiro no Youtube. Fique atento aos dados que mostraremos aqui e saiba perfeitamente como colocar o seu projeto em prática na internet.Tenha uma excelente leitura e, logo após, prepare o seu equipamento de gravação .Isso pode ir muito além de uma simples renda extra!

1. É difícil ganhar dinheiro no Youtube ?

Para se inscrever no Programa de Parcerias do YouTube, alguns requisitos devem ser atendidos: 1.000 assinantes nos últimos 12 meses e pelo menos 4.000 visualizações foram estabelecidas, o que estabeleceu uma pequena comunidade de conteúdo produzido pelo canal. Para receber os pagamentos, o dono do canal ou seu pessoal financeiro deve ter pelo menos 18 anos e possuir um. Com isso em mente, a abordagem ideal é evitar o uso de palavrões no primeiro minuto do vídeo e excluir nudez, violência, discurso de ódio, automutilação e outros tópicos delicados que ofendem outras pessoas, especialmente crianças. Cada vídeo é avaliado para ser aprovado para fins lucrativos.

2. Você recebe de acordo com o número de views?

A primeira forma de remuneração disponível para os usuários do YouTube é o número de visualizações. Atualmente, o valor do pagamento por visualização é calculado com base no custo por mil visualizações (CPM). Isso significa que para cada mil anúncios copiados em seu vídeo, o conteúdo receberá uma parte do investimento do anunciante.

Outra forma de ser pago pela visualização é os assinantes premium do YouTube assistirem aos seus vídeos. Parte da mensalidade paga pelo usuário será devolvida ao autor do conteúdo.

3. Entenda o sistema de anúncios

Após atender aos pré-requisitos, o usuário participa do Programa de Parcerias do YouTube. O programa fornece acesso à equipe de suporte do criador de conteúdo, ferramentas de plágio digital e verificação de direitos autorais e recursos de monetização que definem como os anúncios são exibidos nas telas de seu público. Todas as formas de lucro direto através do YouTube começam com a adesão ao Programa de Parcerias do YouTube.

Se você precisa de apoio profissional para sua carreira de YouTuber CLIQUE AQUI

4 . Você pode ganhar dinheiro de diversas formas

Outra forma de ganhar dinheiro no YouTube é encorajar seus espectadores a pagar mensalidades para ingressar no clube do canal. O programa recompensa diretamente os produtores de conteúdo. Além disso, você também pode receber parte das taxas pagas pelos usuários para que suas mensagens no super chat do YouTube sejam destacadas no stream em tempo real. Para canais com produtos relacionados a determinadas marcas (como roupas, copos, calçados etc.), o YouTube também permite a inclusão de lojas virtuais para promoção de produtos e divulgação da marca na plataforma.

É importante conhecer os pré-requisitos para participar de cada programa. Por exemplo, o Channels Club só pode ser ativado após atingir 30.000 assinantes, e a loja precisa de pelo menos 10.000 assinantes. Além disso, você também pode solicitar  serviços que vão muito além da plataforma . Caso você tenha  algum produto ou serviço e queira divulgá-lo no mercado, você pode contratar uma agência de Youtubers. Isso pode se tornar uma excelente estratégia de  negócio , fazendo com que o seu empreendimento consiga alcançar diversas pessoas em vários perfis diferentes. Se você quer ganhar dinheiro dessa forma , basta entrar em contato com uma agência que disponibilize contatos com vários influenciadores .Nós somos essa agência e estamos aqui para te ajudar com isso, lembre-se disso.

Além das monetizações do próprio YouTube, você ainda pode:

  • Vender produtos de seu canal: se você já tiver um público razoável, pode pensar em vender artigos como camisetas, bonés, canecas entre outras coisas, com decoração temática de seu canal ou do tema que seu canal aborda. É uma ótima opção!
  • Vender como afiliado: existem várias plataformas de infoprodutos nas quais você se cadastra e escolhe produtos digitais que pode oferecer e ganhar comissões pelas vendas, disponibilizando seu link de afiliado daquele produto para sua audiência no canal.
  • Exibindo anúncios diretamente: algumas empresas preferem anunciar em canais menores, porque geralmente o custo é menor e o público é engajado, mesmo sendo menor que outros canais.

5. Como posso ter acesso ao meu pagamento ?

Para receber o pagamento, os criadores de conteúdo devem ter uma conta na plataforma de publicidade do Google AdSense. Depois, é necessário vincular o perfil ao canal e ficar atento ao recebimento na plataforma. Um dos privilégios básicos é que, para transferir fundos para uma conta bancária, você deve ter um saldo de $100 na plataforma.

Os pagamentos são feitos em dólares americanos, portanto, depois de receber o dinheiro no Google AdSense, você precisa transferi-lo para sua conta bancária. Como esta é uma conversão de dólares americanos para reais, existe uma taxa de câmbio aplicável para a transação.

6. Quais são os padrões de censura do YouTube?

Atualmente, os principais padrões de análise de conteúdo do YouTube seguem uma série de princípios para proteger os usuários. Conteúdo com nudez, violência, incentivo à automutilação, assédio, bullying, ameaças, roubo ou uso indevido de propriedade de terceiros, segurança infantil e discurso de ódio pode ser punido por perda de monetização. Em casos mais graves, o site pode optar por encerrar a participação no programa de parceria ou excluir canais.

Outros detalhes, como palavrões no início do vídeo, também podem significar que não é lucrativo. Portanto, o ideal é criar uma espécie de entretenimento que informe e respeite o conteúdo das normas da comunidade e da legislação brasileira, pois os produtores de conteúdo podem ser processados ​​por sua produção nas áreas cível e criminal.

7. É verdade que os Youtubers ganham muito dinheiro ?

O YouTube não divulgou quanta receita de publicidade paga aos produtores de conteúdo, mas há canais milionários na plataforma. Um exemplo são os jogadores de jogos. No ano passado, o streaming de mídia Felix “PewDiePie” Kjellberg faturou 63 milhões de reais com seus próprios vídeos.

De acordo com o YouTube, o valor pago ao YouTuber é determinado pelo CPM com base em anúncios postados no canal. Cada vez que um anúncio é exibido em um vídeo, ele contará uma impressão. A cada mil impressões, o canal receberá parte do valor pago pelo anunciante. Não existe um valor específico para o rendimento dos produtores de conteúdo, mas depende do tipo de vídeo, da dimensão da audiência, do número e de certas características técnicas.

8. Como fazer dinheiro no início ?

O conteúdo é importante para qualquer canal. Por isso, a plataforma criou o YouTube Creator Academy, que oferece cursos para aprimorar a produção de vídeos, organizar as finanças e os negócios do canal, definir estratégias com base no conteúdo e aprofundar o uso da plataforma.

Nos vemos no próximo artigo!

Dicas para turbinar o seu canal no YouTube

Turbinar seu canal no YouTube. Tudo otimizado e o canal bombando. É isso o que você quer?
Nesse artigo, vamos te mostrar algumas dicas que vão dar aquele gás a mais no seu canal. Veja só:

Não despreze o campo “descrição do vídeo”

Muitos vídeos no YouTube têm no texto da descrição simplesmente o título do vídeo e os links das redes sociais da pessoa ou pessoas que estiverem no vídeo. Um baita desperdício de espaço! Imagina que você tivesse um espaço para falar sobre seu conteúdo. Você iria querer aproveitar bem esse espaço, certo? Bem, no campo “descrição”, você tem espaço para 5000 caracteres. Dá para colocar um texto bem grande lá, recheado de palavras chave que, se estiverem coerentes com o texto e as tags usadas, vai te ajudar a posicionar melhor seu canal como um todo.

Use o método “corrente de vídeos”

Essa é uma forma de que seus vídeos “aproveitem” a audiencia de um em outro. Você pode fazer assim: programe uma sequencia, de pelo menos 5 vídeos. No primeiro você vai falar vamos supor aqui que sobre como fazer um bolo de chocolate perfeito. No final desse vídeo, você comenta que seu próximo vídeo vai ser sobre como preparar um bolo de banana muito bom. Nesse vídeo do bolo de banana, você vai comentar no começo que no seu vídeo anterior você deu uma receita de bolo de chocolate muito boa e nesse momento, aparace um card com o link para esse vídeo. Você vai fazer referência a esse card, inclusive apontando para o canto onde ele aparece (canto superior direito do player do YouTube). No final do vídeo, você vai dizer que seu próximo vídeo será uma receita de bolo de liquidificador.
Dessa forma, o público que gostou do vídeo, provavelmente vai se interessar em ver os outros vídeos também. Você pode fazer sequências específicas com base em um assunto, ou até mesmo unir todos os vídeos do seu canal usando esse método.

Lembre-se: para o YouTube, “texto é vida”

Uma das maneiras em que o sistema do YouTube usa para classificar vídeos e canais é através do conteúdo escrito. Então, quanto mais texto você usar, melhor.

Mas onde por esses textos?

Na descrição dos vídeos. Lembre-se, são 5.000 espaços para você escrever. Use bem esse espaço. É verdade que a maioria das pessoas não pôe atenção nenhuma no texto da descrição. Mas não tem problema nenhum, porque o YouTube presta muita atenção nesse campo. Tudo o que ajudar o YouTube a classificar seus vídeos é importante. E um texto de descrição que deixe claro o objetivo do vídeo, o assunto do vídeo e do canal, vai ajudar bastante.
Isso é bem um exemplo de “escrever para o YouTube”. Você pode adaptar seu roteiro no texto de descrição.

Outro lugar que o YouTube pode ler textos é nos arquivos enviados. Por isso, lembre-se de usar palavras chave tanto no arquivo de vídeo que você vai subir quanto também no arquivo da thumbnail (capa do vídeo). Há pessoas que chegam a clicar em propriedades em seu arquivo de vídeo, ir na aba “comentários” e escrever ali palavras chave!

Capriche nas thumbnails

As capas de vídeo ajudam a chamar a atenção do público. Quanto mais chamativas forem, mais chances de ter mais público você terá. Vale a pena estudar um pouco sobre tratamento de imagens se você puder, ou ver algum tutorial de edição de thumbnails, no Youtube mesmo há vários.

Um detalhe importante é que as thumbs não devem ter tantos elementos para ser chamativa. Às vezes, pensamos que se colocarmos além de uma imagem, vários elementos gráficos, ou muito texto, a thumb fica boa. Nada disso! Se houve muita coisa para se ver na thumb, ela pode se tornar justamente o inverso, uma thumb sem graça e que não vai transmitir nenhuma informação para as pessoas.

Use uma imagem que na sua opinião, “resume” ou ilustra bem o ponto mais alto do seu video. Você não precisa dar spoilers, a ideia é chamar a atenção. Alguns YouTubers costumam usar setas e outros elementos para destacar um ponto da thumb que chame mais a atenção. Em se falando em thumbs, leve isso em consideração:

  • Use poucas imagens na thumb
  • Fica bom usar elementos gráficos, mas sem exagerar
  • Você pode escrever algo, mas de preferência apenas uma pequena frase ou expressão.

Não esqueça das TAGs!

TAGs são as etiquetas, um recurso que algumas plataformas sociais disponibilizam para posicionar melhor o conteúdo postado nelas. O YouTube permite que você inclua muitas TAGs nos seus vídeos. Essas são algumas dicas pra você sobre TAGs:

  • Prefira usar expressões ou frases em lugar de palavras avulsas
  • Não use TAGs que não tenham nada a ver com o assunto do seu vídeo. Por exemplo, se seu vídeo é sobre como fazer um bolo, não use TAGs como “rede globo” ou “fé em Deus”. Por incrível que pareça, muita gente coloca TAGs assim em seus vídeos, na esperança que usar palavras “muito usadas” vai ajudar.
  • Não é bom usar TAGs com nomes de canais famosos, mesmo que forem canais com a mesma temática do seu.

São muitas dicas e ações que você pode tomar e otimizar de maneira incrível e bem estratégica o seu canal, caso você queira uma ajuda especializada pode contar também com os serviços prestados pela nossa assessoria acesse www.warpmedia.com.br/serviços e conheça nossos pacotes!

Como funcionam as tags no YouTube?

O YouTube é a maior plataforma de vídeo online da Internet. Não é à toa que essa ferramenta já faz parte de muitas estratégias de marketing digital. Mas não adianta postar o conteúdo de qualquer maneira. É importante otimizar seus vídeos para serem facilmente acessíveis ao público e uma maneira de fazer isso é usar as tags do YouTube corretamente.

Quem trabalha produzindo conteúdos sabe que quem controla o que é exibido e o que não é para cada usuário é o algoritmo. E no caso do cinema não seria diferente.

A plataforma analisa os vários detalhes de cada vídeo para categorizar e avaliar o conteúdo. E entre eles estão as tags. Se você deseja melhorar o SEO de seu canal e aumentar o número de visualizações de seus vídeos,

Um dos fatores cruciais de ter um canal no youtube é ter de fato um excelente ranking, e o uso das tags vai te ajudar a conquistar isso, a seguir separamos 4 dicas que vão te ajudar a impulsionar seus conteúdos e obter ainda mais sucesso nos seus posts.

Confira:

Eles serão os pilares do seu conteúdo quando você pesquisar. Basicamente, para que as pessoas encontrem seu vídeo de maneira orgânica, elas estarão procurando por essas palavras específicas. Dessa forma, o Google permite que as pessoas encontrem o conteúdo que procuram.

Mas existem algumas regras e dicas que são extremamente importantes. Principalmente porque não saber disso pode resultar na punição do seu vídeo. Lembre-se de que saber usar palavras-chave ajudará você, mas isso não significa que seu canal explodirá da noite para o dia só por causa delas.

Principalmente em nichos com mais produtores de conteúdo, você não será o único que sabe usar as tags, por isso usar tags é um dos fatores de classificação mais importantes, mas não o único.

http://www.warpmedia.com.br/servicos
  1. TAGS na descrição

Nunca marque TAGS na descrição. A descrição deve conter o conteúdo das tags, mas na forma de texto consistente. Se houver um lugar para as tags e outro para uma descrição, cada tag deve ser colocada em seu lugar.

Criar uma descrição que contenha apenas as palavras-chave que aparecem nas pesquisas é outra prática ilegal na plataforma. E tentar trapacear o algoritmo do YouTube nunca é uma boa ideia.

  • Acento e letra maiúscula

Quanto ao uso de tags, não há necessidade alguma de utilizar acentos e letras maiúsculas, você pode utilizar, mais na realidade não faz diferença alguma. O YouTube é um site capaz de entender que a palavra com ou sem acento é a mesma coisa, assim ele interpreta as palavras mesmo que escritas de maneira diferente como se fosse uma coisa só.

  • TAGS usando nome de outros canais já existentes

Citar os tags não é recomendado, primeiro que copiar o nome de outros canais só pra ser posicionar é ilegal, você infligem os direitos autorais. Se o YouTube pegar você infligindo as políticas do mesmo, você será punido.

Além de não ser uma ideia nada inteligente, pois o seu canal certamente não será tão bem posicionado quanto o da pessoa que você está ranqueando.

Porém nada impede que você pegue o canal como referência e fale sobre ele no decorrer do seu vídeo.

  • TAGS longas e curtas qual é a diferença

É importante mesclar bastante as duas, não há uma regra, mais de fato as tags mais longas são as mais precisas. Pois focam diretamente no conteúdo do seu vídeo, enquanto as curtas são mais genéricas.

As longas limitam bem as pesquisas, porém isso não é exatamente ruim. Com isso, o seu vídeo vai para as pessoas que estejam procurando exatamente o que você está mostrando em seu vídeo.

As tags vão resumir de maneira bem rápida o que você quer passa nos vídeos, além de ser excelente palavras chaves, por isso destrinche bastante todas elas.

No youtube as tags tem o papel de dizer o que ser trata o seu vídeo, categorizando o mesmo a sua área de conhecimento.

Como escolher bem as tags do Youtube?

Assim que entendermos o que são as tags e qual seu significado na distribuição de conteúdo, podemos passar para a parte mais prática.

Insira a palavra chave na frase principal na primeira tag, isso vai reforçar seu posicionamento no algoritmo do youtube. Lembre-se de usar sempre tags que estejam diretamente relacionadas com o tema do seu vídeo.

Use tags bem especificas e abrangentes, isso aumenta as suas chances de ser encontrado e qualificado pelas as pessoas serve de fato para aumentar o seu raio de pessoas qualificadas.

Não se preocupe com letras maiúsculas, nem minusculas nas tags, não faz diferença para o youtube e não confunda tags com hashtags.

Cuidado com os exageros a respeito das suas estratégias, em vez de explicar do que os seus vídeos se tratam, podem confundir tudo, e isso vai tornar mais díficil a sua recomendação.

E se você precisa de apoio profissional para seu canal, CLIQUE AQUI e conheça nossos serviços.

5 Razões para sua marca anunciar com influenciadores digitais

O marketing de influência é uma estratégia de marketing digital que promove vínculos importantes entre consumidores e marcas por meio de influenciadores digitais.

Os consumidores confiam mais nas recomendações emitidas por indivíduos do que por marcas, o que abre as portas para empresas de todos os tamanhos e setores realizarem campanhas com influenciadores digitais.

Afinal, não é o tamanho da empresa que define a estratégia, mas os objetivos do negócio e a vontade de cooperar com os influenciadores digitais.

Mas para que o marketing de impacto funcione, o segredo está no planejamento e no gerenciamento. Nesse sentido, o apoio de consultoria especializada e uma plataforma inteligente fazem a diferença.

Existem vários motivos pelos quais sua empresa deve fazer parceria com influenciadores digitais.

IMG_256

Aqui estão cinco deles:

  1. Ganhe a confiança dos seus seguidores

O marketing de influence gira em torno da confiança e autoridade do seu dialogo, aumentando assim a sua visibilidade, consequentemente você acaba ganhando mais público e indicações das pessoas que lhe seguem.

Não basta apenas oferecer uma bonificação ou permuta e esperar que o influenciador exerça a sua função junto ao público alvo.

  • Quem não é visto, não é lembrado, isso vale para a sua marca.

Se a sua marca deseja acalçar o universo ou uma extensão grande do marketing boca e boca é importante, investir muito bem em divulgação. Mostre ao seu público o valor da sua marca, com certeza isso vai proporcionar resultados positivos ao seu negócio.

Desde que a lembrança da sua empresa seja positiva é claro, empresas sérias dedicam esforços para zelar pela a sua reputação. Essa é uma das dicas mais importantes do marketing influence.

Vale ressaltar que esse tipo de divulgação é indicado para todas as modalidades de negócio, seja pequeno, média ou grandes empresas.

  • Autoridade engajada e qualificada.

O principal objetivo do seu marketing de influência é atrair clientes, na realidade toda estratégia tem como foco esse objetivo, é influenciar o seu público ao objetivo final que é exatamente a tomada de ação.

Tudo gira em torno do famoso engajamento, a soma desse sucesso são as curtidas, comentários, compartilhamentos dos seus conteúdos, das suas postagens. Simplesmente a mágica acontece quando o seguidor visualiza o seu post e toma ações sob o mesmo, é assim o seu funil de vendas tem maior probabilidade de fazer todo o ciclo.

O engajamento do seu público é mensurado, através das visualizações e o seu crescimento a respeito dos seguidores, se a ídeia é dar uma ampla visibilidade ao seu negócio, a sua escolha tem que ser acertiva.

O principal objetivo é converter, fazer vendas, por isso foque sempre na ação, se você está chegando no mercado agora, precisa entender  que o marketing tradicional está perdendo espaço no mercado.

  • Leads é o sucesso do seu negócio.

Depois de ter planejado a sua campanha, objetivo bem definido, chegou a hora de capturar os leads para o nosso foco. Planejamento ao decorrer de todo o processo é essencial, precisamos definir muito bem os conteúdos. É preciso impactar o público, ao criar seus conteúdos, inclua testemunhais.

Pessoas gostam de ouvir histórias reais que inspiram, e ai que o influenciador entra, pois ele sabem muito bem o que o público procura e gosta de ouvir.

Espontaneidade e ajustes ao decorrer da campanha são muito bem vindos. Agora é só preparar toda a sua equipe para atender muito bem os seus leads.

  • Com os influenciadores, você consegue alcançar excelentes resultados com baixissímo investimento.

Quem trabalha com marketing digital sabe que a maneira mais fácil de conseguir excelentes retorno é investindo no marketing influencer, que gera retorno com baixo investimento, comparados aos meios de divulgação tradicionais.

Na realidade temos que pensar fora da caixa e começar a quebrar todos os paradigmas, o marketing de influencia trata de relacionar pessoas.

É preciso tirar da cabeça que marketing de influencia é algo caro, muitos dos influenciadores aceitam permutas, é e claro que a sua empresa tem algo a oferecer.

Hoje a uma gigantesca infinidade de interações, ler comentários, comentar, compartilhar post, reagir as interações é necessário monitorar como anda o seu desempenho.

A venda de produtos através de um código exclusivo do influenciador é muito bem recomendado, de fato é algo positivo que gera muitos leads.

Diantes de todos os motivos apresentados ao decorrer do post, você ainda tem dúvidas o porque o marketing de influencia é tão importante?

Acredito que não, diferente do marketing tradicional, o marketing influence é muito utilizado para atrair público de maneira mais rápida e organica, porque o investimento é mínimo e você fica atraindo leads por muito tempo.

Além disso, as pessoas se enganam de pensar que esse é um serviço caro, que entender porque? Digamos que você é uma loja virtual de roupa, que está começando agora, mal tem seguidores, ser você talvez fecha uma parceria com uma digital influente bem conceituada com muitos seguidores de sua cidade e oferecer a ela permuta.

Você ganha, é o digital influence também, porque automaticamente o público dela que não é pequeno vai seguir as recomendações da mesma e assim você vai criando conteúdo e engajamento, a única troca oferecida neste caso foi a permuta.

Então comece a pensar fora da caixa, seu negócio pode ser divulgado por grandes influenciadores e ser você quer ser tornar um, precisa seguir pessoas que são referências no seu nicho de atuação.

O marketing de influencia, permite que você interaja com o seu público de maneira que possa criar um vínculo, um relacionamento, é isso que faz o negócio de fato alavancar.

E se você quer ajudar para alvancar seu canal, CLIQUE AQUI e conheça nossos serviços.

IMG_256

Como escolher um influenciador para a sua campanha?

IMG_256

O trabalho bem feito de um influenciador digital pode gerar uma conversão bem positiva para o seu negócio. Mais como qualquer estratégia que vinculo ao marketing é crucial se atentar há alguns pontos para que ser obtenha sucesso.

Um dos pontos de atenção é o PERFIL DO INFLUENCIADOR DIGITAL ESCOLHIDO. A escolha certa, na hora certa, no momento certo vai influenciar o desenvolvimento da sua marca.

O perfil correto é fundamental para que transmita a mensagem ao seu público da maneira correta. Portanto, ser você tem pensado em aplicar o marketing de influencia no seu negócio, é importante ter atenção nas seguintes dicas:

Quando falamos sobre influenciadores, número de seguidores não pode ser levado como quesito de boas referências.

É natural que você ser baseie que a pessoa é uma boa influence pelo o número de seguidores que ela tem, um grande erro! Pois, quanto maior o número de seguidores, não é garantia nenhuma de sucesso. Antes de olhar o número de seguidores que o influence tem, é legal olha ser o perfil do mesmo vai atender o seu público de divulgação. Personalidade e valores estão atrelados ou melhor aliados a sua marca?

Se basear pelo o número de seguidores do influence não é uma métrica recomendada, é importante que o influence tem algum tipo de conexão com o seu produto ou serviço.

Seu público vai dar valor ao que você está indicado, por ser referência no assunto, por isso antes de sair por aí solicitando que o influence divulgue sobre o seu produto, avalie o perfil do mesmo, veja outros trabalhos semelhantes ao seu e avalie ser a comunicação do mesmo é o suficiente para a sua campanha.

Engajamento com o público será sempre um referencial.

Para que toda a sua campanha gere bons frutos, excelentes resultados o influenciador precisa ter um excelente relacionamento com os seguidores.

Ser popular na web e ter com isso um bom engajamento, verifique ser os post do mesmo impactam um grande público, e veja ser esse impacto é positivo.

Conteúdo que oferecem valor ao público é sempre bem avaliado, recomedado e compartilhado.

Oferecer conteúdos de valor é a CHAVE de SUCESSO de qualquer négocio.

Só tem interação, quando você oferece QUALIDADE, a principal preocupação e responsabilidade de um bom influenciador é entregar qualidade.

Não basta apenas sair por aí fazendo publicações, de nada vai adiantar ser não oferecer qualidade, engajamento e visualizações, ofereça por isso conteúdos relevantes.

Tenha muito bem definido o que você quer.

Estabelecer o objetivo da campanha é fundamental para o sucesso do seu marketing de influência, a busca no mercado por um profissional que é especialista no assunto sempre será a melhor opção.

É outra coisa que você precisa ter em mente é o seguinte, você terá um gasto com o influenciador, seja pagando ou até mesmo através das famosas permuta, quanto maior o número de seguidores e audiencia, mais caro será o influenciador é óbvio.

Porém ressalto novamente, que nem sempre ter o número maior de seguidores é sinônimo de qualidade.

Canal e diversas outras redes sociais

Nem sempre o cara que é referência no facebook será o que tem mais seguidores no instagram, por isso que é extremamente importante ter o seu público alvo muito bem definido, isso será acertivo para a divulgação do seu negócio.

O público alvo vai concentrar as suas ações dentro do marketing, dessa forma você vai criar audiência e engajamento com o seu público.

Tipo de influenciador é importante ter bem definido.

Um bom influenciador é especialista no assunto, por isso podemos definir:

  • Influenciador agitado o que gosta de está em foco a qualquer custo, gosta de ser polêmica.
  • Influenciador jonalista é o que conta fatos reais, passa informações verídicas.
  • Influenciador autoridade é o profissional que fala sobre o assunto com experiência no mercado.
  • Influenciador especialista fala sobre o assunto com propriedade.
  • Influenciador celebridade é capaz de dar um longo alcancer para a marca.
  • Influenciador conector é o que divulga o seu produto usando a marca.

Depois de ter todos os alicerces acima bem definidos, chegou a hora de olhar como anda a sua concorrência.

É um detalhe crucial, depois que você encontrar o influenciador perfeito para fazer a sua campanha, verifique como anda o histórico da campanha escolhida no mercado, usar o mesmo influenciador que a outra marca utiliza, dependendo do seu negócio não é muito recomendado, pois o público pode não ser identificar com a sua marca.

Por isso, cheque tudo isso antes de contratar o profissional, depois de escolhido o seu influenciador, chegou a hora das formalidades.

Você precisa e deve fazer um contrato de prestação de serviço, é importante formalizar. Isso vai dar mais segurança para a campanha para ambos os lados, além de controlar a sua comunicação com o influenciador, pois de fato é uma troca de custo x benefício.

Tenha atenção em todas as particularidades desse contrato, o preço pode variar muito de acordo com a entrega que você pode solicitar do influencer, negócio e leve em consideração todos os critérios, pois será essa personalidade que vai impulsionar o alcance ou melhor as fronteiras geograficas da sua marca.

Espero que essas dicas ajudem a vocês impulsionarem o seu negócio, mais ser precisar de ajudar, nós somos uma assesoria especializada em influencers digitais, acesse o nosso site e confira hoje mesmo os nossos serviços www.warpmedia.com.br/servicos juntos podemos romper as barreiras da sua carreira.

IMG_256

5 maneiras de ganhar dinheiro como influenciador

IMG_256

Existem hoje diversas maneiras e formas de ganhar dinheiro como influenciador. Porém é extremamente importante ressaltar, que as empresas no geral estão cada vez mais critériosas e exigentes na hora de escolher seus influenciadores.

Por conta disso, é importante levar alguns pontos em consideração, confira a seguir:

  • Qual o nicho que eu devo atuar?
  • Qual é o seu objetivo?

Acertar o conteúdo para o seu nicho significa acalçar a sua audiência de maneira acertiva e assim ganhar cada vez mais visualizações, ser tornando especialista naquele assunto.

  1. Venda seus serviços

Ao ser tornar especialista e referência ao criar seus conteúdos, isso vai tornar mais fácil e acertivo a venda dos seus produtos e serviços, afinal de conta seu público já confia em você, reconhecimento é tudo.

Se você escolheu trabalhar com redação, você pode ganhar dinheiro ajudando pessoas que precisam de ajuda neste área, é bem simples, você vai criar conteúdos e oferecer através deles os seus serviços.

  • Invista em marketing de afiliados

Com certeza ser você é um internauta nato, já adquiriu alguns produtos e serviços recomendado em blogs ou sites de sua confiança não é mesmo, se sim! Acabou de ajudar algum influenciador a ganhar dinheiro, o marketing de afiliado é um dos cabum do marketing, onde consiste a compra de algum serviço ou produto através do link do afiliado, criado por outra pessoa sem ser o vendedor.

O modelo mais tradicional é o link em blog ou sites de produtos, ser você não tem o desejo de ser tornar um influenciador, uma maneira de ganhar dinheiro é através do programa de afiliado.

  • Famosos conteúdos patrocinados

Diferente da primeira dica mencionada ao decorrer do post, esse modelo visa vender o seu próprio espaço para outros negócios com o intuito de divulgação.

Dessa forma, o conteúdos e produzido e publicado na própria rede de interação do seu perfil, você vai precisar somente seguir o modelo contratado pelo o seu cliente, isso na realidade te deixa dependente apenas dos contratante, o que limita seu poder de decisão nos conteúdos, mais ajuda quando o assunto for faturar uma renda extra como influence.

  • Produzindo seus próprios produtos e conteúdos

Caso você não seja boa em produzir conteúdos, porque não vender seus produtos, ser um influenciador de sucesso lhe dar essa liberdade. Seja produto digital ou até mesmo físico, você pode criar uma variedade enorme de produtos a serem comercializados, tais como cursos, ebooks, dentre diversas outras opções disponíveis.

Você vai utilizar o seu tráfego de influenciadores para realizar vendas, você vai ganhar monetizando os seus conteúdos e nem vai ficar dependendo de terceiro para lhe dar pautas ao seus conteúdos, essa é uma estratégia bem rentável.

  • Seja um influenciador digital

Nem todo mundo gosta de ficar expondo a sua vida assim nas redes sociais, as pessoas tem uma visão distorcida do que é ser um influenciador, você não tem habilidades na área administrativa? Comunicação? Contabilidade ou qualquer outra de conhecimento? Então você pode ganhar dinheiro oferecendo seus serviços como influenciador.

Além disso, você também pode trabalhar ajudando e auxiliando outros influenciadores famosos, lembra o que eu falei ao decorrer do post “Pense fora da caixa”, o marketing digital possibilida isso a você.

Comece a ganhar dinheiro como influenciador digital de sucesso hoje mesmo!

O ponto chave de todo influenciador e de qualquer pessoa que quer conquistar espaço na internet é CRIAR CONTEÚDO DE VALOR, dei ao público o que eles querem ouvir, o que eles querem ler e compartilhar, quanto mais conteúdo você entregar, mais audiência e público você vai gerar.

Com cada vez mais seguidores e as táticas ensinadas, o seu engajamento tendem somente a crescer, pois o crescimento vai ser constante, seu instagram e todas as suas outras redes sociais irão ser tornar a vitrine do seu négocio, criar conteúdo será o seu emprego principal.

Pense o seguinte é POSSÍVEL GANHAR MUITO DINHEIRO, OFERECENDO CONHECIMENTO. Desde que é claro você seja especialista ou melhor, autoridade no assunto.

No marketing digital influence o céu e o limite, não existe barreira geografica que te impeça de crescer, por isso ser você quer crescer no mercado de influenciadores, busque 4 pilares essenciais para isso, primeiro conheça todo o seu mercado, encontre o que você gosta de falar e fazer, alinhe esse objetivo aos seus propósitos de vida e busque ajuda ou parceria com um profissional.

Se você deseja crescer neste ramo como digital influence mais não sabe por onde começar, conheça os nosso serviços, conte com a nossa consultoria especializada no assunto que vai te ajudar a alcançar seus objetivos como influenciador muito mais rápido e fácil, afinal neste mercado tão extenso, você tem que fazer a diferença por isso acesse o nosso site www.warpmedia.com.br/servicos e venha fazer uma parceria de sucesso conosco.

Como é a rotina de um YouTuber?

Ser um YouTuber de sucesso vai muito além de ter somente talento e disposição, para que o seu canal faça diferença hoje no mercado dentro de todos os outros talentos existentes é preciso seguir algumas diretrizes e questões, é importante que você entenda todas essas questões, pensando nisso confira as dicas a seguir:

Século XXI ser YouTuber hoje é considerado profissão, o que começou para muitas pessoas como um hobby, hoje é sua fonte de renda principal. Assunto para explorar é o que não falta, dicas de diversos nichos, aulas online, música, tutoriais, culinária, viagem, videogame e muito mais…

Ser um YouTuber é compartilhar conhecimento com a sua rede de amigos e seguidores, é uma das profissões hoje mais cobiçadas em todo o mundo, por gerar fama e visibilidade através da internet.

Hoje, o que envolve ser tornar um youtuber?

Felizmente, com o grande crescimento e procura no mercado, ser youtuber hoje é disputar com uma concorrência altissíma. Pois ele conseguem de fato audiência, por entregar o que o público quer ver, conteúdo.

Várias cases de sucesso hoje de pessoas comuns que conseguiram sucesso imediato depois que viraram youtuber, que continuam bombando nas redes de forma constante.

O YouTuber de sucesso é aquele profissional que alia talento, dedicação e uma constância em entregar excelentes conteúdos ao seu público.

Pensando nisso, vou deixar algumas dicas para que você pode implementar na sua rotina e chegar mais próximo de ser um youtuber profissional.

Confira as dicas a seguir:

  1. Fale de coisas e assuntos que você gosta.

É importante nem tentar falar assuntos que você não tem domínio, além de parecer perdido (a) no assunto, você não vai gerar autoridade, pois ter paixão pelo o que faz é um dos elementos essenciais para ser tornar um Youtuber. Por isso, falar com naturalidade é tão importante, as pessoas gostam do que é real, pense nos assuntos, estude todo o conteúdo que vai abordar, traga personalidade para o seu canal.

  • Procure conhecer o seu público.

É importante fazer o que gosta e entregar ao seu público o que ele quer de fato ouvir, pois de fato você quer que o seu expectador veja os seus conteúdos.

Por isso, defina primeiramente o seu nicho que você quer explorar e com base nisso elabore a sua persona. Assim você consegue atingir o público correto com as suas postagens, lembre-se sempre de priorizar as dores do seu cliente.

  • Tenha uma identidade bem definida.

Ao elaborar a nome e a identidade do seu canal saia da caixa, deixe a sua imaginação fluir, crie um design e cores cada vez mais agradáveis, dessa forma com certeza será mais fácil promover uma interação com os seus expectadores.

  • Taxas de cliques e otimização

Seu vídeo pode ter um conteúdo excelente e atingir um enorme público, tudo depende de você, para isso otimize bastante a sua imagem de capa e no seu título.

Utilizando as tags você aumenta o potencial de visibilidade, adicionando também as descrições aos seus vídeos e associando o seu canal, através desses hacks qualquer buscador ou usuário chega mais rápido ao seu conteúdo.

  • Entregar qualidade sempre será mais importante

Além de entregar qualidade quando o assunto é conteúdo, um Youtuber de sucesso presta atenção também em si e na qualidade dos vídeos que vem entregando, coisas simples como aúdio, iluminação devem apresentar uma qualidade satisfatória aos usuários.

  • Rotina de publicação

A constancia nas suas públicações e essencial para desenvolver um bom relacionamento, é ter audiência. Isso deve ser uma rotina na vida do youtuber.

Quem estar começando deve levar essa dica para vida: AGRUPE SEUS VIDEOS EM TEMÁTICAS.

Essa organização vai te ajudar a organizar melhor os seus vídeos, facilitando assim a experiência de quem procura conteúdos. Ser espontâneo é crucial.

  • Incentive o engajamento

Engajamento sempre será estratégia de mercado, faça o uso de CALL TO ACTION, podemos mencionar como exemplo a chamada de atenção “inscreva-se no canal” ou “deixe a sua opinião.”

Assim, você vai conseguir agrupar seus seguidores fieis, não desanime dos comentários negativos, eles servem para que você melhore os seus conteúdos e evolua com isso, afinal o que seria de nós ser não existe críticas.

  • Busque fazer parcerias

Parcerias são importantes para que o canal cresça mais e mais, por exemplo você pode buscar parceiros que te ajude na edição dos seus conteúdos, assim você consegue focar o seu tempo em produzir e elaborar conteúdos.

Alie-se a marcas parecidas ou similares a sua, é uma forma de investir pouco e assim monetizar mais rápido o seu canal. O intuito das parcerias e gerar visibilidade para ambos, é importante ser certificar que a parceria é vantajosa também para o usuário.

  • Siga outros canais

Pense fora da caixa, não viva somente no seu mundinho, é importante que você saiba o que os outros youtuber estão fazendo, principalmente os seus concorrentes.

É legal também pode você aprende, e adquire conhecimento com quem vive também a realidade, com essa brenchmarking enorme não tem como fica para trás.

  1. Tenha metas

Ter um plano bem elaborado de metas é importante para que você estabeleça mais perseverança. Defina os períodos de tempo, assim você vai conseguir conquistar suas metas de maneira mensurável, analisando a evolução das suas estratégias.

Dica de ouro: Divulgação é a alma do negócio, divulgue o seu canal.

Pense o tempo inteiro fora da caixa, o seu conteúdo em potencial não está somente no youtube, ele está na realidade por toda a rede, por toda a internet.

Por isso, crie uma rotina ou melhor um plano bem estratégico de divulgação, para te ajudar nisso você pode utilizar o e-mail de marketing, sites, Twitter, WhatsApp Bussiness, LinkedIn, Pinterest e qualquer outra ferramenta online que facilite os seus meios de divulgação e comunicação.

Você vai conseguir assim ser visto por um número bem maior de seguidores, e assim seus conteúdos irão ser compartilhados de maneira orgânica, sem que você precise investir um centavo, já pensou que maravilha séria?

Por isso, ser planejar e entregar conteúdo e tão importante.

E se você quiser ajuda para sua carreira de YouTuber, CLIQUE AQUI e conheça nossos serviços!

5 motivos para você contratar uma Agência de YouTubers agora

Se você está lendo isso nesse momento, é porque você com certeza tem interesse ou pelo menos pensa em contratar ajuda profissional para seu canal.

Agências de YouTubers são cada vez mais populares e oferecem diferentes tipos de serviços. E os motivos para contratar uma são muitos. Vamos direto a eles então:

  1. Você está começando e quer orientação profissional. Esse é o motivo principal para muitos de nossos clientes nos procurarem. Eles começaram ou querem começar mas preferem ser guiados sobre o conteúdo mais adequado, as configurações do canal para que ele possa ser rankeado pelo Google mais rapidamente. Além disso, eles querem que alguém faça a edição de seus vídeos e cuidem também de suas mídias sociais.
    São preocupações legítimas. Afinal, todo mundo quer começar bem no YouTube, certo? Então o mais natural é que se você tem possibilidades, você vai contratar ajuda profissional.
  2. Você não tem tempo suficiente para preparar seu conteúdo e ao mesmo tempo cuidar corretamente de seu canal. É onde entramos!
  3. Apesar de seu canal já existir por algum tempo, você não vê avanço nos números do canal e gostaria de melhorar isso.
  4. Você já tem um canal com público bem consolidado, mas gostaria de contar com uma agência que possa cuidar de seus compromissos, participação em eventos e de sua carreira em geral.
  5. Economia. Você percebeu que se você for contratar os profissionais para fazerem tudo o que uma agência faz, vai sair muito mais caro (editor, gestor de redes sociais, profissional de SEO, assessor de imprensa, etc).

Como funciona uma agência de YouTubers?

Na Warp Media, nós temos uma equipe com vários profissionais especialistas em várias áreas. Quando você nos contrata, primeiro nos reunimos com você para saber suas necessidades, seus objetivos. Com isso em mente, nós analisamos com cuidado todo o material que você já tenha postado, analisando os números, o conteúdo e os resultados.
Em seguida, criamos um plano de comunicação, que é uma espécie de guia para todo o projeto.

No plano de comunicação definimos:

  • Análise do canal atualmente
  • Ações que são realizadas atualmente
  • Sugestões de conteúdo para canal
  • Sugestões de ações nas mídias sociais
  • Orientações sobre frequência de postagens no canal e redes sociais
  • A linha editorial que terá a comunicação do cliente

E contratando hoje, mês que vem meu canal já vai ser um sucesso?

O serviço de assessoria para influenciadores digitais, assim como todo serviço de assessoria de comunicação, precisa de um tempo para que as ações planejadas surtam efeito, principalmente se você está começando como influenciador(a).

É necessário primeiro estudar e definir seu público alvo, criar estratégias para a construção de seu canal como marca, desenvolver a audiência, otimizar o canal para o motor de busca do YouTube, entre outras coisas. E isso não acontece “do dia para a noite”.
Geralmente levam alguns meses para que você possa ver os resultados de um planejamento cuidadoso. E não se esqueça que quando você contrata uma assessoria, você está contratando uma equipe pra chamar de sua. Então tudo acontece em equipe, o que significa que parte dos resultados (a maior parte) é sua responsabilidade.
Nem a melhor estratégia do mundo pode gerar os melhores resultados, se o contratante não faz sua parte. E sua parte envolve colocar em prática as orientações que a equipe de comunicação propõe, se comunicar constantemente com a equipe, compartilhar toda informação necessária para que a equipe de comunicação possa trabalhar bem. E infelizmente nem sempre é assim. Às vezes um cliente pode achar que não precisa contar detalhes sobre seu conteúdo ou suas ações como influenciador, pensando que o trabalho da agência é “separado” do que ele fizer. Ledo engano!

Além disso, há vários fatores que influenciam no sucesso de um projeto. A temática do canal, regularidade das postagens, sazonalidade do assunto principal do canal entre outros. Portanto, o sucesso pode levar alguns meses ou mais. Mas sempre vai valer a pena!

Se você quer ajuda profissional para sua carreira como influenciador, CLIQUE AQUI e conheça nossos pacotes de serviços.

Ser YouTuber é profissão? É sim! Saiba quando.

Um fato é que atualmente, milhares de pessoas em todo o mundo ganham dinheiro e vivem da renda gerada pelo YouTube. Mas isso faz da ocupação “YouTuber” uma profissão? Quando é que sim e quando é que não? Vamos te mostrar isso nesse artigo.

Em primeiro lugar, falemos da “origem” do nome “YouTuber”. Em inglês, geralmente títulos e pronomes que terminem em “er” dão desinência a uma pessoa que realiza uma atividade com regularidade, geralmente de maneira profissional. Alguns exemplos: mariner = marinheiro comander = comandante. Mas aqui não é aula de inglês. O que queremos comentar é que, com o sucesso das plataformas sociais online, as pessoas que têm o costume de produzir e publicar conteúdo nelas acabou ganhando o mesmo final “er”. Dessa forma, quem produz para o Instagram se transformou em “Instagrammer”, quem joga de maneira regular se tornou “Gamer” e, claro, os que produzem para o YouTube em base regular, são os “YouTubers”.
Então é normal pensar em quem tem canal no YouTube como um Youtuber, certo? Mas será que todo mundo que tem canal no YouTube é YouTuber?

Quando você NÃO é um YouTuber

Bem, já vimos que ganha a terminação “er” em inglês aqueles que se dedicam de maneira regular a fazer alguma atividade. Isso nos mostra que um YouTuber é alguém que produz conteúdo constantemente para seu canal. Isso indica que ele não vai gravar um vídeo e postar hoje, e o próximo quando “der”. Toda semana em seu canal, vai ter vídeo novo, no mesmo dia e horário.

Também vimos que geralmente os nomes em inglês com final “er” designam profissionais. E isso não é diferente no caso do Youtube. No caso do YouTube, o dono de um canal vê nele um negócio, uma empresa. E como toda empresa, a meta é ter lucro com ela.
Dentro da plataforma vermelha, existem muitos canais profissionais. Um detalhe importante é que nem somente o canal que recebe muito dinheiro de anúncios do YouTube é profissional. Muitas empresas e profissionais usam o YouTube para publicar aulas, demonstrações, apresentações e material corporativo em geral. Esses vídeos podem não receber milhões de visualizações, mas foram feitos com o propósito de promover um negócio, uma empresa ou um profissional, e são produzidos constantemente. Portanto são canais profissionais também.

Então, se você tem um canal no YouTube, mas posta vídeos apenas “de vez em quando” e são vídeos sem nenhum cuidado com edição ou roteiro, não dá pra considerar você um YouTuber. E não tem nada de errado com isso. O próprio YouTube foi criado para que qualquer pessoa pudesse postar o vídeo que quisesse, para qualquer motivo, inclusive, como uma recordação de família, por exemplo.

Ou seja, se seu canal tem conteúdo casual e sem muito compromisso com qualidade e nem uma constância, então você é um usuário do YouTube, mas não um “YouTuber”.

Provas de que você é um YouTuber

Bem, se você leu o que comentamos anteriormente, com certeza você já sabe o que é necessário para se ser um YouTuber:

  • Postar conteúdo constantemente, de preferência no mesmo dia e horário, sempre.
  • Cuidar do conteúdo dos vídeos, para que sejam bons e bem preparados.
  • A edição é bem feita, mesmo que não for cheia de efeitos especiais.
  • Você usa seu canal para fazer dinheiro, seja por meio de anúncios do canal, anúncios que você negociou diretamente ou não, uso corporativo constante entre outros meios de monetização.

Afinal, Youtuber é profissão?

Parece que ficou fácil responder a essa pergunta também não é mesmo? Afnal, se quem vende leite é leiteiro, quem conserta sapatos é sapateiro, quem faz vídeos para o YouTube, de maneira profissional, é YouTuber e é sim um profissional.

Inclusive já existem países que reconhecem a palavra “YouTuber” como uma ocupação profissional, sabia?

Além disso, cada vez mais surgem serviços para essas pessoas. Já existe até graduação universitária como Influenciador Digital! E vários cursos de pós graduação que abordam esse tema. Portanto, existe sim a profissão YouTuber!

E você é YouTuber? Quer ajuda profissional para sua carreira? CLIQUE AQUI e conheça nossos pacotes.