como ser youtuber

Vai mudar o nicho do seu canal do YouTube? Cuidado com o tiro no pé!

Todo canal do YouTube precisa de um nicho. E se isso não está claro para você, você está fazendo tudo errado no YouTube.

Não adianta nada ter um canal que em um vídeo você dá uma receita de bolo e no outro você dá um tutorial de como pintar seu carro em casa (aliás, será que fica bom fazer isso em casa?). Então, ter um nicho, um tema central, é muito importante.

Acontece que às vezes alguns influenciadores digitais, depois de criarem dezenas, em alguns casos, centenas de vídeos com uma mesma temática, decidem mudar o tipo de conteúdo que publicam. Pode ser que se cansaram de tanto falar sobre aquele assunto e agora querem falar sobre outras coisas, que também são de seu interesse (o deles). Tem alguma coisa de errado nisso? Bom, vamos analisar nesse artigo sobre a viabilidade de se mudar o nicho de um canal no YouTube

Mudar de nicho no YouTube: o perigo do “tiro no pé”

Existe sim, um problema enorme de você mudar a temática de seu canal do YouTube. Esse problema está concentrado em duas frentes:

  1. Seu público, que já está acostumado com receber o conteúdo atual de seu canal. E se seu canal faz sucesso com esse conteúdo, parte de seu público pode ir embora se perceber que o canal já não apresenta o que eles gostam de ver. E isso é um enorme problema, porque seu canal pode se transformar em uma verdadeira “zona fantasma” com muitos inscritos e poucas visualizações.
    Se você der uma procurada no YouTube, vai achar dezenas de canais, em alguns casos com mais de 1 milhão de inscritos e com pouquíssimas visualizações em cada vídeo. Uma tristeza! E na maioria dos casos, esses canais um dia decidiram mudar o tipo de conteúdo.
  2. O próprio algoritmo do YouTube pode prejudicar seu canal. O objetivo do YouTube é organizar o conteúdo que está na plataforma e mostrar para as pessoas o conteúdo que elas gostam de ver. Se você por exemplo, é inscrito de um canal que faz análises de produtos de informática, provavelmente você vai começar a receber muitos ou até todos os vídeos de canais que você é inscrito e falam sobre esse tema, além de receber várias sugestões de canais para ver seus vídeos.
    E o que aconteceria se um dos canais que você acompanha que faz essas análises de informática “de repente” começa a falar sobre como aprender inglês? Para o YouTube, esse canal era até então, um canal sobre informática e agora está mudando de nicho. O que o YouTube vai fazer é pouco a pouco reclassificar esse canal. O ponto é que com isso, ele vai deixar de mostrar o conteúdo dele, até mesmo para quem é inscrito nele, pois essas pessoas ainda querem saber sobre informática. E com isso, o canal perde relevância, porque com certeza já existem vários canais que já falam sobre aprender inglês. E com isso, o canal vai acabar “começando do zero” de novo. Não é uma boa ideia!

Mostre respeito a seus inscritos

Quem se inscreveu em seu canal, o fez por vários motivos, mas com certeza o principal foi o conteúdo que a pessoa encontrou nele. Você mudar seu conteúdo pode ser visto como uma forma de desrespeito a seus inscritos, pessoas que gostam do que estão acostumadas a ver com você.

Simplesmente mudar subitamente o tema central de um canal sem que exista um motivo muito sério para isso pode ser muito ruim para você como influenciador digital. Queremos comentar sobre um canal que acompanhamos, sem mencionar o nome. O canal em questão tem 50 mil inscritos mais ou menos e por vários meses postou vídeos sobre um certo game muito famoso. O canal contava com vários quadros referentes a esse jogo e a audiência do canal variava entre 30 e 70 mil visualizações, com vídeos chegando a 90 mil visualizações, o que é um número excelente, se contarmos que o canal tem 50 mil inscritos. Muitos canais com 1 milhão de inscritos não tem essa audiência!

Um dia, o dono do canal fez um vídeo dizendo que decidiu mudar e diversificar o conteúdo do canal. Mostrando quadros diferentes. Na verdade, bem diferentes. Bom, pra ser ainda mais francos, completamente diferentes. O canal passou a analisar e comentar “acontecimentos e fatos estranhos” mudando assim o nicho por completo.

Qual foi o resultado? Primeiro a audiência foi caindo, despencando. E por fim, o canal foi abandonado pelo seu dono, que há meses não publica nenhum vídeo novo. Igual a esse caso, poderíamos contar dezenas de casos parecidos. Poderíamos dar vários outros exemplos. O ponto é que a história do seu canal não precisa ser essa, nem ter esse fim.

No outro lado da moeda, podemos comentar de alguns canais, que inclusive prestamos assessoria, que em ocasiões recusa fazer campanhas de divulgação de jogos que não tenham relação com os jogos que ele joga em seu canal, para não prejudicar o SEO (a otimização do canal).

 

Tem algum motivo “bom” para mudar o nicho de um canal?

Pode acontecer de que você tenha que mudar o nicho de seu canal, mas isso seria apenas em casos muito extremos. Veja alguns desses motivos:

  • O nicho atual do seu canal está sendo coibido e desestimulado pelo YouTube.
  • O tema de seu canal é sobre algo que nunca te trouxe boa audiência, depois de você produzir conteúdo constantemente e de qualidade, você percebeu que a audiência era mínima e aí decide ir pra outro nicho, parecido com o original.
  • Seu canal não estava bem-organizado e o conteúdo não era bem-produzido, e por isso você não tinha audiência.
  • Seu canal trazia um conteúdo que, de alguma forma, você não acredita mais nele ou inclusive acredita que pode ser prejudicial a outras pessoas.

Seja como for, se você perceber que seu canal deve mudar de nicho, fale isso com sua audiência. Veja o que eles vão te responder. Percebeu que uma quantidade considerável de pessoas está pedindo para você não mudar? Pense novamente.

É lógico que você precisa produzir conteúdo que gosta. Mas precisa pensar na sua audiência também, principalmente se você quer trabalhar profissionalmente como influenciador digital.

O poder de um nicho para um canal do YouTube

Você não faz ideia do poder de se ter um nicho em seu canal! E se sabe, com certeza já deve estar colhendo os bons resultados disso. Para que você tenha ideia, além dos nichos, tem muitos canais que focam em subnichos dentro de um nicho. Como?

Imagine um canal de games. Agora pense num canal de games que faz conteúdo de Free Fire. Apenas Free Fire. Com o tempo, o YouTube vai reconhecer esse canal como especialista neste game e vai começar a recomendar a quem procure algo sobre Free Fire no YouTube. Há muitos canais assim no YouTube, que falam apenas de um único game, por vários anos. Depois de um tempo, esses canais podem até mudar o game em que dão foco, mas geralmente irão manter o estilo de game. No exemplo mencionado, pode ser que um canal de Free Fire depois mude o foco para falar de outro game no estilo “Battle Royale”.

Então veja só: além de escolher um nicho, uma temática para seu canal, é sempre uma ótima ideia escolher um subnicho para ele também. Isso vai te ajudar bastante, principalmente no começo.

Por esses motivos, pense sempre não duas vezes, mas muitas vezes antes de mudar o tema do seu canal. O resultado pode ser muito amargo. Em todo caso, se você quiser muito falar de outros assuntos, é melhor criar um novo canal. De outra forma, mantenha seu foco e tenha um nicho. Ou até um subnicho!

E se você está procurando ajuda para sua carreira de influenciador digital, CLIQUE AQUI e conheça nossos serviços!