O que FAZ e o que NÃO faz uma assessoria (agência) de YouTubers

Iguatu – CE – Agências de YouTubers ou Influenciadores Digitais como alguns dizem, estão em alta. Afinal, a cada dia, surgem milhares de canais no YouTube e contas nas redes sociais de pessoas que querem ser reconhecidas pelo trabalho que fazem, ou seguir os passos dos seus astros online.

Uma Assessoria para Influenciadores Digitais tem muitas tarefas a fazer, e entre elas, ela precisa saber exatamente como vai cumprir a missão que se deu de poder ajudar pessoas a realizarem o sonho de se tornarem influenciadores digitais.

Por outro lado, tanto novos influenciadores como os que já estão produzindo conteúdo faz muito tempo estão sempre procurando meios de fazer “crescer” seu canal ou sua rede social de trabalho. E realmente, cada vez mais surgem opções no mercado, tanto empresas como serviços. Mas falando sobre o tema deste artigo, vejamos primeiro o que NÃO FAZ uma assessoria para influenciadores digitais (ou pelo menos não deveria):

  • Compra de inscritos: existe no mercado inúmeros websites que prometem a quantidade de inscritos que você quiser, por preços bem variados. Dessa forma, “da noite para o dia” seu canal que ganha milhares de inscritos.
    Isso não é uma boa ideia, porque não são pessoas “reais” e não vão gerar nenhuma interação com seu conteúdo. Sem contar que SEMPRE o YouTube dá um jeito de remover esses inscritos comprados, causando frustração em quem pagou para tê-los.
    Obviamente, uma assessoria para YouTubers não deve fazer isso.
  • Compra de visualizações: pelos mesmos motivos comentados acima. Apesar que em muitos casos, as visualizações continuam aparecendo nos vídeos, isso serve apenas para efeito visual.
  • De outra forma, fazer seu canal ou rede social crescer em poucos dias: de maneira “orgânica” ou seja, sem fazer anúncios, o caminho é sempre com resultados a médio e longo prazo. Claro, sempre se pode fazer campanhas nas redes sociais que sim, funcionam e sim, trazem inscritos e visualizações. Isso requer um orçamento um pouco mais alto do que pensam muitos que querem contratar algum serviço de apoio.

É importante mencionar isso, porque temos percebido que muita gente que procura nossa assessoria tem expectativas irrealísticas sobre o trabalho que uma assessoria faz. Alguns talvez imaginem que terão resultados “do dia pra noite” com aumento de inscritos e visualizações. Mas não é bem assim, e desconfie de quem te prometer que será rápido dessa forma.

influenciador digital

Agora, então o que REALMENTE FAZ uma assessoria de Influenciadores Digitais?

A resposta não é tão simples de dar assim como parece, porque cada agência tem um foco diferente. Veja algumas “especializações” que uma agência de influenciadores digitais pode ter:

  • Edição e produção de vídeos: pode ser que o serviço central da agência seja produzir  editar vídeos para influenciadores digitais. Esse trabalho de edição realmente quando feito de maneira profissional dá outra cara para seu canal e em alguns casos pode ficar mais barato contratar uma agência do que um editor.
  • Realização de eventos: algumas agência têm foco em realizar eventos e fazer com que seu casting participe deles. Criar eventos é realmente uma forma interessante de ao mesmo tempo divulgar e gerar lucro para o influenciador.
  • Campanhas publicitárias online: uma das melhores maneiras de se divulgar algo atualmente é através de campanhas patrocinadas nas redes sociais, como Facebook por exemplo. A assessoria pode propor essas campanhas e colocá-las no ar, levando assim o conteúdo de seu cliente para milhares de pessoas em um curto espaço de tempo. Apesar de exigir um certo investimento, é uma das formas mais eficientes de se ver resultados em um curto espaço de tempo.
  • Intermediação de campanhas publicitárias: uma assessoria ou agência de influenciadores pode negociar em nome de seu cliente assessorado, os termos e valores de uma campanha publicitária que ele irá participar. Muitos influenciadores, principalmente os que já tem uma carreira ativa, procuram esse tipo de serviço, pois não se sentem à vontade para negociar com empresas e além disso preferem dar foco total na criação de seus conteúdos. Dessa forma, e naturalmente respeitando os interesses do influenciador (e claro também do anunciante), a assessoria recebe todas as propostas comerciais de assessorado para negociar em nome dele. É um trabalho que exige confiança mútua entre as partes (assessoria e assessorado).
  • Prospecção de patrocínios: esse é um dos serviços mais procurados, com certeza. Na verdade entre os que procuram uma assessoria, “conseguir inscritos e visualizações” e conseguir patrocínios com certeza é um dos objetivos da pessoa que nos procura. No entanto, nem todo canal ou conta de rede social está no ponto correto para que se procure empresas que queiram anunciar nele. Com o passar do tempo, algumas empresas foram se tornando cada vez mais exigentes quanto a que influenciador irá contratar, e uma dessas exigências cada vez mais é a audiência (quantas pessoas assistem ou vêem os conteúdos) e os seguidores (quantos inscritos o influenciador tem). Ainda que exista uma tendência para se procurar os “micro influenciadores”, o que mais é visto pelas empresas ainda é (entre os dois fatores que comentamos) a quantidade de inscritos.
    É necessário fazer um bom trabalho de otimização do canal ou da rede social para que eles possam ter um alcance melhor e ai sim estar no ponto correto para receber propostas de empresas.
  • Otimização dos conteúdos produzidos pelo influenciador: esse é um trabalho técnico que apesar de trazer resultados consistentes, leva um tempo para que apareçam. Inclui a escolha ideal de tags e textos para a descrição dos vídeos, melhores assuntos para postar nas redes sociais, escolha de hashtags e muito mais.
  • Assessoria para gestão de crises: muitas vezes o influenciador sem querer acaba se metendo em um problema por postar algum conteúdo polêmico ou que tenha gerado algum tipo de discussão agressiva entre os seguidores. O que fazer nesse caso? Como responder de maneira correta a comentários agressivos? E como lidar em geral com seguidores? Tudo isso está envolvido no serviço de assessoria para gestão de crises.
  • Assessoria para criação de conteúdo: isso envolve criar um banco de idéias para conteúdos, criação de roteiros para vídeos, acompanhamento de resultados de conteúdos criados, estudo de melhores conteúdos a serem produzidos. Esse serviço pode ser especialmente útil para quem quer sempre ter o que postar sem ter que usar muito seu tempo para pensar em idéias.
  • Divulgação de conteúdo em meios noticiosos: sim, algumas assessorias para influenciadores digitais fazem esse trabalho, funcionando quase que como uma assessoria de imprensa. Esse é um trabalho valioso para que o conteúdo que você produz seja atingido por mais pessoas.

Como você pode ver, o trabalho que uma agência de YouTubers, ou assessoria para influenciadores digitais pode ser enormemente amplo. E a grande maioria desses serviços que comentamos leva um tempo para se conseguir resultados mais fortes.

É por isso que é tão importante que quando você contrate uma assessoria, não pense em resultados imediatos. O trabalho de uma assessoria exige muita dedicação, profissionalismo e um certo tempo.
A Warp Media oferece algumas opções de pacotes de serviços que podem ser úteis para você que quer ter sucesso, seja no YouTube ou nas redes sociais, como influenciador digital.

Se você quer saber mais sobre nossos serviços, CLIQUE AQUI.

Como ser YouTuber?

Como ser um YouTuber de sucesso? Essa é a pergunta que cada vez mais pessoas fazem.

Primeiro vamos definir o que é um YouTuber.

O QUE FAZ UM YOUTUBER AFINAL?

Bem, estamos falando de um termo de origem inglesa. Geralmente palavras que utilizam um substantivo e o alteram com a terminação “er” como que transformam esse substantivo numa profissão, uma ocupação, seja ela paga ou não. Então se “YouTube” é o substantivo, “Youtuber” se refere a quem utiliza o YouTube como uma ocupação, mesmo que não necessariamente a pessoa ganhe dinheiro com isso.

Então, se você produz conteúdo para o YouTube de maneira frequente, parabéns, você pode corretamente se considerar um YouTuber! Lembre-se, um YouTuber precisa produzir conteúdo constantemente, então ter um canal e apenas “quando dá” colocar vídeos novos lá não faz de você um YouTuber. Pense nisso, ok?

ORGANIZE SUAS IDEIAS

Parece óbvio mas não é. Quando pensar em criar um canal, pense bem sobre o que irá ser seu canal. Antes de simplesmente pensar num nome qualquer (veja os nomes dos canais no YouTube e veja como o pessoal é “criativo”), pense em pelo menos 3 temas nos quais você é bom ou gosta muito de falar. Se você não consegue pensar em nenhum tema em especial, o ideal é esperar até ter isso bem definido, pois não ter ideia sobre o que falar é indicativo de que você não está pronto para começar.

Das 3 ideias, veja as que mais tenham a ver com você: qual dos assuntos você domina mais? Qual você já teve boas experiências? E principalmente, avalie qual dos temas seria mais fácil para atrair público, pois alguns temas são mais populares que outros. Tente achar um equilíbrio entre algo popular mas que você domine.

FAÇA O PLANEJAMENTO DO SEU CANAL

E com planejamento queremos dizer de verdade, à sério. Com poucas exceções, a maioria dos canais têm como fazer um planejamento de tudo o que vai acontecer no canal, desde roteiros, temas e até mesmo o que vai postar nas redes sociais relacionado ao seu canal.

Grandes YouTubers em geral costumam ter uma rotina de planejamento bem rigorosa, inclusive muitos criam planilhas no Excel para controlar os temas que serão abordados e como serão abordados. Aliás essa é uma ótima ideia para você se organizar. Crie uma planilha no Excel e em cada aba nomeie com o nome do mês corrente. Escreva os temas que quer produzir e em outra coluna, a data da produção. Em outra coluna, inclua detalhes que você quer colocar no vídeo como fonte de vídeos, imagens, áudios e mais.

Mas todo o planejamento será inútil se você não fizer o abaixo:

TENHA DISCIPLINA

Depois de tudo planejado, é hora de agir. E essa ação precisa ser disciplinada, senão o que vai acontecer é você na primeira semana de canal se dedicar, e na segunda já perder o ritmo e além de já não planejar nada, ainda vai começar a postar vídeo apenas “quando der”. Se essa queda acontecer, não reclame depois de que seu canal não cresce e você não sabe o porquê.

TENHA FREQUENCIA

Isso tem tudo a ver com disciplina também. É importante que você dedique um tempo, se possível diariamente, para cuidar do seu canal, mesmo que não seja o dia marcado para postar vídeo novo.

Separe um dia (todo dia é melhor) para divulgar seus vídeos, falar com inscritos, fazer postagens nas redes sociais, enfim, trabalhar sua marca como YouTuber. Isso não pode falhar, precisa ser metódico e constante. Com o tempo você consegue pegar o hábito e aí fica tudo mais fácil.

FAÇA CONTEÚDO QUE PRESTE!

Sem preconceitos, mas capriche no que vai apresentar no seu canal. Não adianta gravar “qualquer coisa” e esperar que isso vai fazer sucesso. Se seu conteúdo não for no mínimo, interessante para um bom número de pessoas, você não vai chegar onde quer. Por isso é tão importante pensar bem no que vai postar. Pra isso, pesquise sobre os assuntos mais falados (dentro do tema do seu canal, lógico) e produza algo em cima disso.

Lembre-se que seu canal precisa ter um foco. Se é de games, você precisa falar de games, se é vlogs, vlogs e assim por diante. Fazer de tudo um pouco é péssimo, principalmente no começo do canal, onde sua audiência está em formação.

Outra coisa: se por algum motivo você não gostou do vídeo, não o poste! Grave outro vídeo e tantos quantos forem necessários, até você satisfeito com o resultado. Se você que é o dono do canal não ficar satisfeito, quanto mais sua audiência. Você precisa ser o crítico mais feroz do conteúdo que você produz.

NÃO DESISTA!

Com certeza, esse é o conselho mais importante. Se você for persistente no que fizer e se dedicar da maneira certa, pode ter certeza que os bons resultados virão.

Se você procura por uma assessoria profissional para seu canal, CLIQUE AQUI

 

 

 

Quanto custa ter uma Assessoria para Influenciadores Digitais?

Nunca esteve tão na moda os influenciadores digitais. Com fãs que são verdadeiros “seguidores” enlouquecidos, muitos deles precisam tomar medidas de segurança dependendo do lugar em que vão. Gozam a vida de celebridades, pelo público que os acompanha e pela a crescente atenção que as mídias têm dado a eles.

E provavelmente você que está lendo esse artigo nesse momento ou já é ou tem o sonho em se tornar um influenciador digital, nome que é atribuído a quem produz conteúdo online, seja através de vídeos, artigos ou posts em redes sociais e que pelo público que consegue atingir, tem o poder de influenciar essas pessoas a tomarem decisões, pensarem de certa maneira e agirem de acordo com as idéias que eles promovem.

Os influenciadores digitais se tornaram um recurso poderoso de marketing para as empresas. Sabendo disso, muitos desses influenciadores digitais vêem a necessidade de se profissionalizar, muitas vezes procurando ajuda profissional de agências ou assessorias especializadas nesse ramo. Essas empresas se dedicam a cuidar da imagem do influenciador em questão, em alguns casos cuidam também das redes sociais e dos contratos publicitários que o influenciador digital esteja negociando. Mas quanto custa contratar uma assessoria de influenciadores digitais?

Primeiro precisamos comentar que preço não é o mesmo que valor. Como assim? Preço é simplesmente o que você gasta, em dinheiro, para conseguir algo. Valor pode incluir o preço mas também tudo o que aquele produto ou serviço vai agregar para você. Basicamente isso.

Falando sobre o quanto custa contratar uma assessoria para influenciadores digitais, veja  só o que está envolvido, ou tudo o que vai te “custar”:

  • Se dispor a seguir as orientações que a assessoria te passar, confiando que eles irão cuidar bem de sua carreira.
  • Vai te custar ser paciente, pois os resultados em geral não aparecem “da noite para o dia”. Às vezes um YouTuber pensa que contratando uma assessoria, em pouco tempo seu canal “vai bombar”. Não é bem assim, para se construir uma autoridade e um nome leva tempo. O segredo é crescer corretamente. A assessoria leva isso a sério e você também tem que levar.
  • Você também vai precisar de ter disciplina. Ver seu canal (ou blog, Instagram, etc) como um negócio em que você deve investir seu tempo principalmente. E em alguns casos, fazer investimentos financeiros também.

Agora falando sobre o “preço”  essas são algumas formas em que uma assessoria pode cobrar:

  • Pode cobrar um valor sobre as negociações fechadas, que pode variar entre 20 a 40% (isso varia muito!)
  • Pode ser um valor mensal, por cuidar de toda a parte de planejamento e gerenciamento de suas redes sociais, além dos serviços de assessoria em si.
  • E pode ser uma uma mistura entre as opções anteriores.

Você realmente não é obrigado a contratar uma assessoria pra ter sucesso como influenciador digital. Mas se optar por contratar uma assessoria, tenha a certeza de que você está fazendo um investimento para ter sucesso da maneira correta.

Nós da Warp, oferecemos alguns serviços que podem ser interessantes pra você. Dá uma olhada nesse link http://warpmedia.com.br/servicos lá tem um resume deles.

Até o próximo artigo!

 

Assessoria para YouTubers: o que é midia kit? vale a pena fazer um?

Se você é criador de conteúdo, seja com um blog, uma rede social ou o Youtube (que não é rede social é midia social), pode ser que alguma empresa já tenha te perguntado: “você tem midia kit?” Mas o que é midia kit e será que vale a pena você ter um? Vejamos.

Primeiro, vamos definir o que é midia kit. Podemos dizer que se trata de um “documento” por assim dizer, que mostra dados interessantes sobre o meio de comunicação (ou os meios) que você usa para transmitir seu conteúdo.

Por exemplo, um Youtuber pode mostrar dados estatísticos que mostram que o canal dele tem um audiência interessante para uma ação publicitária. Geralmente, esses dados incluem:

  1. Quem é você, sua experiência no assunto em que você aborda: é interessante mostrar que você sabe do que está falando. Você faz isso mostrando o tempo que você tem estudando ou trabalhando com o tema em questão. Isso ajuda a valorizar o conteúdo que você produz.
  2. Quantidade de inscritos no canal (se for Youtube por exemplo) – esse dado costuma impressionar se for alto, porém não deveria ser levado tanto em conta, pois um canal pode ter milhares de inscritos “fantasmas”, ou seja, pessoas que já não acompanham a muito tempo, porém ainda não se desinscreveram ou simplesmente esqueçaram de fazer isso. Aí o que ocorre é uma quantidade grande de inscritos, mas vídeos que são vistos por uma quantidade bem pequena em proporção com a quantidade de inscritos. E esse indicador é bem negativo para um anunciante em potencial.
  3. Quantidade de visualizações mensais: esse número é importante porque mostra a audiência que o canal recebe (ou o blog). Com esse dado, um anunciante pode ter uma ideia de quantas pessoas ele poderá atingir com uma ação. Mas o próximo dado é ainda mais importante.
  4. Público por gênero e idade: em média, quem são as pessoas que acessam seu conteúdo? Homens adultos, jovens, crianças, mulheres adultas? Essa informação é muito importante, porque indica ao anunciante com “quem ele estará falando” durante a campanha. Não adiantaria por exemplo para uma empresa que vende lingeries anunciar em um canal cujo público em sua maioria são adolescentes do sexo masculino. Eles não são o público com potencial de comprar esse produto.
  5. Parcerias e Eventos: você também pode mostrar quais as parcerias que seu canal/blog tem, como alguma Network que você participe, Assessoria que cuida de sua imagem (nesse caso coloque o contato da Assessoria no midia kit). E se você costuma participar de eventos da sua área, é legal mostrar que você está sempre se atualizando (você pode incluir fotos do evento).
  6. O motivo de valer a pena te contratar: nessa parte você pode usar um pouco dos pontos anteriores e criar um texto bem interessante e persuasivo para mostrar que realmente vale a pena contratar você para ações publicitárias ou para outros tipos de eventos.
  7. Formas de contratação: nessa parte muitos midia kits colocam as maneiras em que um anunciante pode contratar, às vezes inclusive, propondo “pacotes” como: falar do produto anunciado durante um vídeo, usar um produto durante um vídeo, fazer uma análise do produto, colocar um banner durante o vídeo ou uma combinação de todo o anterior. Algumas pessoas colocam nessa parte o valor de cada pacote. Outros indicam como o anunciante pode ter informação sobre valores. Se você trabalha com uma assessoria, é sempre melhor deixar os valores para serem passados por eles, pois pode ser que existam outros detalhes a serem negociados e eles poderão ver qual a melhor opção para você e seu canal.
  8. Contato: como comentamos anteriormente, caso você conte com uma assessoria, é ideal deixar o contato dela nesse espaço. Se vê profissional e inclusive passa a informação de que você é um profissional que se preocupa por sua carreira. Caso você não tenha assessoria, aí sim você vai usar seus contatos nessa parte.

Ter uma Assessoria mostra para um anunciante em potencial que você é um profissional e se preocupa por sua carreira. Isso valoriza seu conteúdo e com certeza, o preço que você irá cobrar.

VALE A PENA FAZER UM MIDA KIT?

Isso depende. De quê? Do ponto em que está o veículo de midia que você usa (canal do Youtube, blog, etc). Se você está no começo e ainda não tem uma audiência bem estabelecida, fazer um midia kit ainda não é para você, pois um anunciante teria poucos argumentos para te contratar.

Um midia kit é indicado para criadores de conteúdo que já pelo menos começaram a fidelizar um público e já tem uma boa quantidade de visualizações mensais naquilo que produzem. Não estamos falando em milhões de visualizações, mas mesmo assim, é importante que seja uma quantidade que convença uma empresa a te contratar. Lembre-se que nesse caso, a empresa vê você como uma opção ou até um concorrente de outras maneiras de anunciar, como o Google Adwords ou o Facebook Ads. Essas plataformas de anúncios geralmente entregam milhares de visualizações em um anúncio. Investir em você precisa valer a pena quando a empresa te comparar com essas plataformas de anúncios.

Ou seja, se você está começando a criar conteúdo, espere um pouco até criar seu midia kit. E se você já tem um público bem definido e fidelizado, faça um bem caprichado! Sua assessoria pode te ajudar com isso.

E se você procura uma assessoria para seu canal do Youtube ou seu blog, entre em contato com a gente! Mande um e-mail para [email protected] e a gente conversa melhor.

Um abraço e até o próximo artigo!