Dicas do Instagram para iniciantes

O Instagram é uma das redes sociais mais populares. Além de ser visualmente atraente e fácil de acessar em qualquer lugar, também é muito simples aprender a usar o Instagram .

As dicas a seguir podem ajudá-lo a tirar o melhor proveito de sua própria experiência no Instagram, para que você possa aumentar seus seguidores e aumentar o envolvimento.

Publique fotos e vídeos interessantes e coloridos

Foto de sobremesa
Martine Feiereisen / EyeEm / Getty Images

O Instagram tem como objetivo fornecer valor aos seus seguidores , especialmente se você quiser mais engajamento. Nesse caso, seu objetivo deve ser o de publicar fotos e vídeos que evoquem algum tipo de emoção – felicidade, humor, motivação, nostalgia, amor ou qualquer outra coisa. Fotos de alta qualidade com muitas cores tendem a ter mais ação no Instagram.

Não exagere nos efeitos de filtro

Foto com muitos filtros
Verity E. Milligan / Getty Images

O Instagram fornece vários filtros que você pode aplicar às suas fotos para aprimorar automaticamente a aparência e o estilo, mas essa tendência parece já ter atingido o pico. As pessoas querem fotos e vídeos coloridos, mas com aparência relativamente natural. Embora os efeitos de filtro possam ser tentadores, tente limitar o uso deles para manter a cor e o contraste normais na maioria das fotos.

Sinta-se livre para usar hashtags, mas use-os com moderação

Uso de hashtag na Internet
Imagens de Kristin Lee / Getty

Usar hashtags é uma ótima maneira de aumentar seu alcance no Instagram, incentivar mais engajamento e até atrair novos seguidores. Infelizmente, algumas pessoas levam isso longe demais. Suas legendas geralmente são inchadas com hashtags – muitas das quais nem são relevantes para o tópico de sua foto. Se você decidir usar hashtags, mantenha-o no mínimo e use apenas palavras-chave relevantes.

Use a guia Explorar (página popular) para encontrar ótimos novos conteúdos

pesquisando na web no telefone
stefanamer / iStock

A guia Explorar no Instagram é onde algumas das fotos e vídeos mais populares são exibidas. As fotos mostradas aqui são adaptadas a você de acordo com as fotos e vídeos que foram curtidos ou comentados pelas pessoas que você segue. Você pode encontrar novos usuários para seguir ou se envolver, verificando regularmente essa guia tocando no ícone de lupa no menu inferior.  

Publique frequentemente para manter os seguidores interessados

Criança acenando com a mão fora da janela do carro
Artur Debat / Getty Images

Se você deseja manter os seguidores engajados, precisa postar novos conteúdos regularmente. Isso não significa que você precisa postar 10 fotos por dia. De fato, postar uma vez por dia – ou pelo menos uma vez a cada dois dias – deve ser frequente o suficiente para manter seus seguidores atuais interessados. Se você passar longos períodos sem postar, não se surpreenda se perder alguns seguidores.

Use o Instagram Direct para entrar em contato com usuários específicos

As mãos do homem tirando fotos da cidade com telefone
Artur Debat / Getty Images

Embora seja uma boa ideia publicar com frequência para manter seus seguidores engajados, às vezes nem sempre é necessário publicar algo publicamente em todos os seus seguidores. Em vez disso, você pode segmentar um ou mais usuários específicos, enviando mensagens de foto ou vídeo para eles em particular . O Instagram Direct é uma ótima maneira de conectar-se a grupos específicos de usuários sem precisar transmitir seu conteúdo para todos de uma vez.

Interaja com seus seguidores

Pessoas classificadas em grupos por cor representam a técnica estatística de análise de agrupamentos.
Magictorch / Getty Images

Nunca ignore seus seguidores mais fiéis que gostam e comentam regularmente em suas fotos! Essa é uma maneira infalível de eventualmente afastar as pessoas. Em vez disso, você quer fazer com que seus seguidores se sintam valorizados. Responda aos comentários ou vá até a conta deles e curta algumas fotos. Você pode usar uma ferramenta de terceiros como o Iconosquare (anteriormente Statigram), se desejar, para rastrear comentários e ver quais usuários estão interagindo mais com você.

Não seja tentado a comprar seguidores

Ilustração de homem e mulher trocando dinheiro
Jerry Nelson / Ilustração / Getty Images

Há muita propaganda em torno da compra de seguidores do Instagram. E é verdade que você pode obter grandes números por muito barato. O problema de comprá-los é que eles geralmente são falsos e inativos. Sua conta pode parecer um pouco estranha para os usuários que vêem que você tem 15.000 seguidores, mas quase não gosta ou comenta suas fotos e vídeos. Atenha-se ao envolvimento real. 

Fique por dentro das últimas tendências do Instagram

Três amigos tomando auto-retrato com smartphone
Thomas Barwick / Getty Images

Hashtags e Shoutouts são ótimos, mas até tendências como essas acabam tendo um prazo de validade. Se o Instagram é uma importante plataforma de rede social para você, é importante acompanhar as últimas tendências para evitar ficar para trás e se arriscar a perder seguidores valiosos. 

Publicar stories

Ilustração do Instagram com pessoas que gostam de um telefone
 SiberianArt / Getty Images

Os stories são menos permanentes, mais conteúdo “no momento” que você pode postar para seus seguidores verem. Eles vêm na forma de fotos e vídeos, que desaparecem automaticamente após 24 horas. Eles podem ser visualizados na parte superior do feed (na forma de bolhas circulares). As histórias simplesmente oferecem uma maneira mais casual de se conectar, compartilhar e interagir com seus seguidores.

Fonte: https://www.lifewire.com/

Nós somos uma agência de comunicação com foco em YouTubers e outros influenciadores digitais. Conheça nossos pacotes, CLICANDO AQUI.

5 dicas para encontrar os influenciadores certos para sua campanha

Quando se trata de gastos do consumidor, o conteúdo on-line e as conversas sociais têm um enorme impacto sobre como e o que as pessoas escolhem comprar.

Como profissionais de marketing, criamos conteúdo para persuadir e interagir com os clientes. Mas os consumidores modernos são céticos e esclarecidos. No momento em que algo sugere “anúncio”, eles perdem o interesse e seguem em frente.

Se você vende produtos de fitness e saúde, pacotes turísticos ou serviços domésticos,  uma única recomendação positiva de uma fonte confiável pode superar até a sua cópia mais bonita ou a demonstração de vídeo mais atraente. E embora o conteúdo criado pela marca seja útil e possa ajudar a criar confiança com os clientes, às vezes o conteúdo mais influente vem de pessoas com idéias semelhantes às quais seus clientes conhecem e confiam.

Nesse novo paradigma social, blogueiros e outros com seguidores leais nas mídias sociais são os novos influenciadores.

Quem são esses novos influenciadores?

Esses novos indivíduos socialmente experientes geralmente sabem mais sobre mídias sociais e se envolvem com conteúdo digital do que marcas e agências. O que torna esses novos influenciadores ainda mais poderosos é o conteúdo de nicho que eles produzem, que geralmente está em uma área muito especializada. Existem milhões de blogueiros que publicam conteúdo em áreas populares como pais, alimentação, fitness, moda e entretenimento. Esses influenciadores podem ser segmentados ainda mais para alcançar consumidores específicos, como pais de adolescentes, amantes de animais, maratonistas, fanáticos por tecnologia e cozinheiros orgânicos.

O conceito de parceria com blogueiros e outros usuários ativos de mídia social é chamado de “marketing de influência”. Ele se baseia na premissa de encontrar influenciadores em seu nicho para criar e distribuir conteúdo relevante e compartilhá-lo de maneira autêntica e transparente.

Encontrando os influenciadores certos

Apesar de suas vantagens aparentes, o marketing de influenciadores é um investimento desperdiçado se você não estiver trabalhando com os corretos. E, embora seja tentador usar definições de métrica única, como visitantes únicos ou seguidores do Twitter como uma medida de influência, é importante olhar mais profundamente.

A resposta para a pergunta “quão influente é alguém online?” é “depende”. Aqui estão cinco itens a serem procurados ao identificar influenciadores on-line para sua marca.

RELEVÂNCIA

Antes de observar visitantes únicos e outras métricas estáticas, é importante observar o alinhamento do conteúdo de um blogueiro com as mensagens . Leia as postagens arquivadas desse blogueiro para ter uma idéia de que tipo de consumidor elas são.

Só porque um blogueiro publica receitas não significa necessariamente que eles correspondem a uma marca orgânica, e um fã de esportes com experiência em tecnologia não os torna uma correspondência garantida para seu aplicativo de jogos.

Você procura viajantes com orçamento limitado, fashionistas, mães permissivas ou bebedores de café? Palavrões ou provocações fazem parte da personalidade da sua marca? Essas são coisas importantes a serem procuradas no conteúdo e no público de um influenciador e são muito mais importantes que o tráfego.

ENGAJAMENTO

O engajamento é um indicador de quão interativo o público de um blogueiro é com o conteúdo. Esses leitores respondem, comentam e compartilham ? Qual a porcentagem de leitores que estão retornando versus novos?

A quantidade de leitores que se envolvem com um editor e com que frequência eles retornam são indicações de quão significativos são esses relacionamentos.

ALCANCE

Embora não seja a métrica mais importante, o alcance é certamente uma consideração válida. No entanto, os profissionais de marketing devem resistir ao desejo de olhar apenas visitantes únicos como uma medida de alcance. Tráfego e seguidores são significativos apenas na medida em que o influenciador está atingindo o público-alvo da sua marca.

Por exemplo, se você é do ramo hoteleiro, um blogueiro de viagens com um pequeno alcance é mais influente do que um blogueiro de alimentos com 100.000 visitantes mensais únicos.

Também é importante considerar quais outras plataformas sociais seus clientes visitam. Se você é uma marca de alimentos ou moda, alguém com muitos seguidores no Pinterest ou Instagram pode ser mais valioso do que alguém no Facebook com uma grande base de fãs.

FREQUÊNCIA

Para muitas verticais, existe uma correlação direta entre a frequência com que um blogueiro publica e o tráfego e a taxa de retorno dos visitantes. Como no marketing de qualquer site, muitas vezes são necessárias várias exposições para que um visitante clique e confira seu site, e você deseja garantir que ele volte.

Quando um editor publica constantemente conteúdo de alta qualidade regularmente, é mais provável que os leitores retornem, adicionem aos favoritos e compartilhem. Os blogueiros que não publicam com tanta frequência tendem a ter uma maior taxa de rotatividade, menos visitantes de retorno e menos lealdade.

AUTENTICIDADE

Isso pode parecer contra-intuitivo, mas os blogueiros que têm uma proporção menor de conteúdo patrocinado tendem a ser mais confiáveis ​​e parecem mais autênticos . Histórias pessoais que incluem uso genuíno ou menção de um produto, serviço ou marca são mais confiáveis ​​do que análises diretas de produtos.

Histórias atraentes também tendem a receber mais compartilhamentos e comentários do que ofertas e análises de produtos. Embora seja tentador pedir aos editores que escrevam uma boa e longa revisão do seu produto (na qual os leitores realmente não prestam muita atenção), uma marca de saúde pode envolver os influenciadores a escrever um post sobre coisas em sua lista de itens e como essa lista é motivadora manter-se saudável e viver uma vida longa e ativa. Esse tipo de conteúdo é altamente atraente para os leitores, autêntico para o blogueiro e conecta a marca de saúde patrocinadora a uma conversa muito sincera sobre saúde entre um grande público.

Seja qual for o seu nicho, você pode se envolver com os blogueiros para criar o conteúdo autêntico e de qualidade que o público espera enquanto associa sua marca a esse conteúdo.

E lembre-se de que os influenciadores são mais do que apenas blogueiros – eles incluem aqueles com públicos leais no Facebook, Twitter, YouTube, Pinterest, Instagram, Instagram, Vine e outras redes sociais.

Deseja saber quem são os influenciadores da sua marca ou setor? Entre em contato! CLIQUE AQUI

Como um influencer ganha dinheiro no instagram

O Instagram é um fenomeno.

O que era apenas um aplicativo de compartilhamento de fotos inicialmente se tornou uma das principais plataformas de mídia social em menos de sete anos.

Rapidamente dobrou sua base de usuários nos últimos dois anos para 700 milhões de usuários . Seu crescimento explodiu desde o lançamento do Instagram Stories em agosto de 2016.

Isso mostra apenas como as pessoas respondem a um conteúdo simples e visual.

O interesse no Instagram cresceu tremendamente nos últimos seis anos.

E dificilmente vai diminuir o ritmo tão cedo.

Não importa como você o pensa, as pessoas amam o Instagram. É uma das maneiras mais populares de compartilhar fotos.

É tão fácil e acessível, e a grande maioria das imagens é de altíssima qualidade.

A oportunidade de ganhar dinheiro no Instagram

Se você quer ganhar dinheiro com o Instagram, você precisa pensar em servir o público. E quando você está criando uma ótima experiência para seus clientes em potencial, o dinheiro é um subproduto.

Uma das maneiras de se ganhar dinheiro no Instagram é vendendo seus produtos. Vejamos alguns exemplos.

1. Theresa Nguyen não é uma adolescente comum. Ela compartilha vídeos dignos de baba do seu lodo caseiro em sua conta do Instagram,  que recebe centenas de milhares de visualizações.

Sua conta está cheia de postagens coloridas. Com apenas 228 postagens de lives, ela recebeu 747 mil pessoas. E ela mostra como aproveitar o precioso link do perfil do Instagram.

Ela tem um CTA (call to action ou chamada para ação) claro direcionando seus seguidores do Instagram para sua loja de slime online.

Você acha que os usuários do Instagram estão interessados ​​em comprar slime caseiro de um adolescente?

Pode apostar.

Quando vimos o site dela , todos as cores estavam esgotadas. Time.com informou que ela está ganhando US $ 3.000 / mês . Nada mal para uma menina de 13 anos cujos pais riram da ideia dela de vender suas criações.

Theresa não está sozinha. Rachel Albus , 13 anos, da Califórnia, e Sara Y., 12 anos, da Carolina do Norte, também criaram suas contas no Instagram para milhares de seguidores. E elas ganham dinheiro decente com eles.

Com a diversidade do público no Instagram, todos têm a oportunidade de ganhar dinheiro. Então, conheça a próxima estrela do Instagram que ganha dinheiro em nossa lista: Sara Tasker.

Mulher de 32 anos, de Yorkshire, trabalhou como fonoaudióloga do NHS. Há quatro anos, durante uma licença de maternidade de quatro meses, ela criou sua conta no Instagram .

Sua motivação para se inscrever no Instagram eram os produtos e dinheiro que ela poderia conseguir no Instagram. E agora, ela se tornou o que é chamado de micro-influenciador, com 170 mil seguidores.

Captura de tela 2017 06 22 em 6.15.45 PM

Sua conta está cheia de belas fotos de estilo de vida de sua vida. E ela ganhou aproximadamente £ 120.000 no ano passado. Além de ser paga pelas marcas pela publicação, ela também está ganhando dinheiro com o treinamento de pessoas sobre criatividade e marketing no Instagram.

Captura de tela 2017 06 22 em 6.17.16 PM

Se você acha que reunir tantos seguidores é necessário para ganhar dinheiro, conheça Jeena Farmer. Ela é uma terapeuta nutricional qualificada e escritora freelancer de Warwickshire. Seu Instagram possui apenas 3.361 seguidores .

Captura de tela 2017 06 22 em 18.25.45 PM

Mas as marcas pagam a ela na faixa de 50 a 100 libras (64 USD – 128 USD aproximadamente)  por mencioná-las em seu Instagram. Ela também junta uma atualização do Instagram com uma postagem no blog e um tweet – pelo qual cobra entre 200 e 300 libras (250 a 350 dólares).

As principais publicações da mídia estão publicando como ganhar dinheiro com as histórias do Instagram.

Mas como exatamente esses usuários avançados gerenciam suas contas do Instagram e ganham dinheiro?

Dinheiro do Instagram: os pré-requisitos

Alcance e influência – Por que as empresas pagam para um usuário do Instagram como você?

Porque as empresas sabem que o produto delas poderá aparecer para muitas pessoas, que podem ser o público comprador de seus produtos.

O Instagram é generoso ao enviar sua postagem para mais feeds de seus seguidores. Se você postar no momento certo  e usar hashtags (discutiremos essas táticas mais adiante), seu alcance orgânico  será maior em comparação com outras plataformas de mídia social.

Mas, por enquanto, entenda que, mesmo que você tenha 1.000 seguidores, o potencial de ganhar dinheiro está lá. As marcas estão dispostas a investir em você por causa das ações lucrativas que você conduzirá em sua conta.

Na verdade, Jeena Farmer recebe uma quantia decente de dinheiro pelas marcas de saúde, porque ela obtém um bom envolvimento em todas as suas postagens. Veja o post abaixo . Apesar de ter 3.368 seguidores, ela conseguiu 98 curtidas e 15 comentários nesta foto de colágeno. Isso representa mais de 3% de envolvimento!

Captura de tela 2017 06 23 em 2.31.10 AM

Ter uma habilidade específica. Da mesma forma, se você tem uma habilidade específica (como fotografia / escrita / desenho animado / edição de vídeo), o Instagram desempenha um papel funcional no seu modelo de negócios de serviços.

Você pode iniciar sua conta hoje, postar cerca de 3 a 5 atualizações que exibem seu trabalho e enviar uma mensagem direta a possíveis clientes. Dependendo da sua habilidade, experiência e argumento, você pode fechar seu primeiro cliente amanhã e começar a ganhar dinheiro

Até agora, espero que você entenda que o Instagram não é um dinheiro fácil. Você precisa se apressar. E a próxima seção discute como organizar sua agitação.

Resumo: Como criar um número considerável de seguidores no Instagram que aguarda suas atualizações

1. Preencha sua biografia com muita atenção (use o link do site com sabedoria)

Seja você uma for uma empresa iniciando no Instagram ou está abrindo uma conta para ganhar dinheiro, precisa postar estrategicamente.

A biografia é uma preciosa peça de imóveis no Instagram. É aqui que você pode apresentar seus visitantes pela primeira vez. Portanto, mantenha seu texto simples, nítido e direto. Veja como a Foundr Magazine  faz isso no Instagram deles.

Existem três aspectos importantes que eles fazem bem:

  • Eles estão oferecendo uma edição gratuita para provar seu valor
  • Use emojis para direcionar o usuário para o CTA (lembre-se, emojis fazem as pessoas sorrirem e ajudam a vender)
  • O link na bio (poderoso porque é o único link clicável no Instagram) direciona o usuário para uma página de destino personalizada.
imagem colada 0 148

Você também pode mostrar sua criatividade e personalidade na biografia. Quanto mais intrigante e interessante for sua bio, mais atrativa ela será e com isso, mais pessoas vão querer seguir você.

É assim que você quer que sua biografia seja: interessante.

Além disso, o logotipo da sua foto / marca deve ser uma imagem clara e de alta qualidade. Por quê?

Bem, é uma plataforma visual, e as pessoas querem dar um rosto às palavras que você está falando no Instagram.

Dica profissional:  você pode enviar usuários do Instagram para o seu link bio repetidamente em todas as suas postagens. Uma maneira de mudar repetidamente o link da biografia é usando o bit.ly. Se você colocar um link bit.ly na biografia, poderá alterar o destino subjacente em bit.ly nos bastidores, sem precisar alterar o link.

2. Publique regularmente e interaja com os comentaristas

Na análise de mais de 100.000 postagens do Instagram  (durante um período de 3 meses), Tailwind descobriu que uma frequência mais alta era sinônimo de maior envolvimento.

imagem colada 0 91

Sua taxa de crescimento do Instagram a seguir também aumenta.

imagem colada 0 138

E o menos óbvio é que a maioria das contas do Instagram não se esforça para postar todos os dias. Basta tirar um tempo para se tornar ativo no Instagram.

imagem colada 0 140

Não deixe nenhuma conversa desacompanhada. Você pode até criar uma hashtag e incentivar seus seguidores a enviar o conteúdo deles que aparece no seu perfil. O conteúdo gerado pelo usuário é autêntico e aumenta a lealdade e a credibilidade da sua marca.

Um ótimo exemplo de conteúdo gerado pelo usuário é o # hipster. Possui 24.562 posts  que promovem autenticamente a caixa de assinatura Ipsy.

Captura de tela 2017 06 23 em 3.39.20

Embora postar regularmente seja uma obrigação, também é importante que você poste no momento certo.

Os dias da semana podem resultar em menor envolvimento em comparação com os finais de semana. Aqui  estão as conclusões do Sprout Social.

imagem colada 0 134

3. Use hashtags relevantes em todas as postagens e mostre sua inteligência em legendas.

As hashtags existem desde 2007 em plataformas de mídia social para agrupar postagens com um tema semelhante. E eles funcionam muito bem no Instagram. A plataforma permite que você adicione até 30 hashtags (isso é muito) por postagem.

Recomendamos usar entre 10 e 15 hashtags em todas as postagens. Preserve a legenda do texto para adicionar mais contexto à sua postagem. Mesmo se você adicionar hashtags no primeiro comentário, o Instagram as selecionará.

Por exemplo: Veja a publicação Foundr abaixo . Eles estão usando a legenda para descrever sua 36ª edição da revista e seu conteúdo em Gary Vaynerchuk.

imagem colada 0 141

Você não pode usar nenhuma hashtag aleatória. Sempre considere a relevância e a concorrência. Eu recomendo que você faça pesquisas de concorrência anteriores. Encontre hashtags comumente usadas no seu nicho e veja o número de postagens existentes para uma hashtag específica.

A #Marketing tinha 11.294.699 posts recentemente. Depois de verificar o número de postagens e coletar hashtags, recomendamos que você crie 3 categorias: baixa concorrência, média concorrência e alta concorrência.


Ao publicar uma atualização, use hashtags de todas as 3 categorias. Dessa forma, você terá uma chance melhor de aparecer mais alto nos resultados de hashtags de baixa concorrência enquanto obtém uma exposição decente com as hashtags de alta competição.

Além disso, eu recomendo que você brinque com emojis e use @ menções para dar mensagens para outros usuários do Instagram. No post abaixo , a Starbucks comemora o Dia Nacional do Rosa com um emoji de coração rosa.

Captura de tela 2017 06 24 em 12.10.06 AM

Um CTA pode ser qualquer frase que você diga para convidar o público para fazer alguma coisa
Os CTAs incluem solicitar às pessoas que visualizem o link em sua biografia, “toque duas vezes se você concordar”, “marque um amigo”, “compartilhe se concordar”, etc. Você deve usar esses CTAs diretos ocasionalmente, caso contrário, fora do seu público.

4. Melhore a qualidade do seu conteúdo

Como o Instagram parou de mostrar o conteúdo cronologicamente , você não pode deixar de postar conteúdo medíocre. A concorrência na plataforma é alta:

  • 80% dos Instagrammers seguem um negócio  (o que significa que você luta por atenção)
  • O Instagram já atingiu 1 milhão de anunciantes .

Ocasionalmente, você pode realizar concursos e apresentar seus clientes. Mas promova seus produtos no Instagram apenas 20% do tempo.

5. Destaque-se produzindo conteúdo de vídeo

Os vídeos são um formato enriquecedor para comunicação visual. É uma ótima maneira de adicionar um pouco de força à sua narrativa. Como já sabemos, vivemos num mundo onde as pessoas cada vez mais gostam de ver vídeos . E 55% do consumo total de vídeo  no celular é para vídeos de menos de 5 minutos.

O mais fantástico é que você pode adicionar transições a vídeos desleixados, editar vídeos gravados anteriormente em outros aplicativos fora do Instagram e fazer upload, adicionar som ou apenas simplificar. Lembre-se de que são mídias sociais. As pessoas não esperam perfeição e conteúdo excessivamente formal.

6. Crie relacionamentos com influenciadores e outros negócios

Se você deseja crescer rapidamente, precisa de ajuda externa para obter atenção do Instagram. Você precisa cultivar relacionamentos com usuários avançados em seu nicho e tomar emprestada a influência deles.

Uma forma de conseguir isso é “comprando” espaço em publicações de grandes influenciadores (aliás, essa também é uma forma de você ganhar dinheiro com seu Instagram).

Pesquise contas do Instagram que tenham a ver com você sua conta. Aí entre em contato com o influenciador e veja sobre a possibilidade dele promover seu conteúdo.

Publicações patrocinadas

Quando você tiver um público já bem definido, então estará preparado para oferecer o espaço de sua conta no Instagram para anunciantes.

No começo, leve em conta que no Brasil, muitas empresas ainda estão descobrindo o Instagram e por isso, nem sempre será possível cobrar aquele valor que você sonha em cada campanha, então seja razoável.

Em breve vamos publicar sobre como cobrar no Instagram, aguarde!

Vendendo produtos como afiliado(a)

Essa é uma tendência! Muitas pessoas se cadastram em plataformas de produtos digitais e começam a vender esses produtos em suas redes sociais.
Você pode escolher um produto que tenha a ver com o que você costuma publicar, e de vez em quando, fazer posts comentando sobre o produto em si. Fazer vídeos também é ótimo!

Fazendo vídeos (em breve)

Os anúncios em vídeos estão chegando no Instagram. Em breve, você vai poder monetizar seus vídeos na plataforma, a função já está sendo testada com alguns usuários e promote ser uma boa opção no futuro.
Enquanto isso, você pode usar o poder dos vídeos para atrair seguidores e marcas.
E claro, você sempre pode fazer campanhas através de vídeos patrocinados.

Se você quer uma assessoria para sua carreira de influenciador, CLIQUE AQUI.

*com informações do site: neilpatel.com

O que FAZ e o que NÃO faz uma assessoria (agência) de YouTubers

Iguatu – CE – Agências de YouTubers ou Influenciadores Digitais como alguns dizem, estão em alta. Afinal, a cada dia, surgem milhares de canais no YouTube e contas nas redes sociais de pessoas que querem ser reconhecidas pelo trabalho que fazem, ou seguir os passos dos seus astros online.

Uma Assessoria para Influenciadores Digitais tem muitas tarefas a fazer, e entre elas, ela precisa saber exatamente como vai cumprir a missão que se deu de poder ajudar pessoas a realizarem o sonho de se tornarem influenciadores digitais.

Por outro lado, tanto novos influenciadores como os que já estão produzindo conteúdo faz muito tempo estão sempre procurando meios de fazer “crescer” seu canal ou sua rede social de trabalho. E realmente, cada vez mais surgem opções no mercado, tanto empresas como serviços. Mas falando sobre o tema deste artigo, vejamos primeiro o que NÃO FAZ uma assessoria para influenciadores digitais (ou pelo menos não deveria):

  • Compra de inscritos: existe no mercado inúmeros websites que prometem a quantidade de inscritos que você quiser, por preços bem variados. Dessa forma, “da noite para o dia” seu canal que ganha milhares de inscritos.
    Isso não é uma boa ideia, porque não são pessoas “reais” e não vão gerar nenhuma interação com seu conteúdo. Sem contar que SEMPRE o YouTube dá um jeito de remover esses inscritos comprados, causando frustração em quem pagou para tê-los.
    Obviamente, uma assessoria para YouTubers não deve fazer isso.
  • Compra de visualizações: pelos mesmos motivos comentados acima. Apesar que em muitos casos, as visualizações continuam aparecendo nos vídeos, isso serve apenas para efeito visual.
  • De outra forma, fazer seu canal ou rede social crescer em poucos dias: de maneira “orgânica” ou seja, sem fazer anúncios, o caminho é sempre com resultados a médio e longo prazo. Claro, sempre se pode fazer campanhas nas redes sociais que sim, funcionam e sim, trazem inscritos e visualizações. Isso requer um orçamento um pouco mais alto do que pensam muitos que querem contratar algum serviço de apoio.

É importante mencionar isso, porque temos percebido que muita gente que procura nossa assessoria tem expectativas irrealísticas sobre o trabalho que uma assessoria faz. Alguns talvez imaginem que terão resultados “do dia pra noite” com aumento de inscritos e visualizações. Mas não é bem assim, e desconfie de quem te prometer que será rápido dessa forma.

influenciador digital

Agora, então o que REALMENTE FAZ uma assessoria de Influenciadores Digitais?

A resposta não é tão simples de dar assim como parece, porque cada agência tem um foco diferente. Veja algumas “especializações” que uma agência de influenciadores digitais pode ter:

  • Edição e produção de vídeos: pode ser que o serviço central da agência seja produzir  editar vídeos para influenciadores digitais. Esse trabalho de edição realmente quando feito de maneira profissional dá outra cara para seu canal e em alguns casos pode ficar mais barato contratar uma agência do que um editor.
  • Realização de eventos: algumas agência têm foco em realizar eventos e fazer com que seu casting participe deles. Criar eventos é realmente uma forma interessante de ao mesmo tempo divulgar e gerar lucro para o influenciador.
  • Campanhas publicitárias online: uma das melhores maneiras de se divulgar algo atualmente é através de campanhas patrocinadas nas redes sociais, como Facebook por exemplo. A assessoria pode propor essas campanhas e colocá-las no ar, levando assim o conteúdo de seu cliente para milhares de pessoas em um curto espaço de tempo. Apesar de exigir um certo investimento, é uma das formas mais eficientes de se ver resultados em um curto espaço de tempo.
  • Intermediação de campanhas publicitárias: uma assessoria ou agência de influenciadores pode negociar em nome de seu cliente assessorado, os termos e valores de uma campanha publicitária que ele irá participar. Muitos influenciadores, principalmente os que já tem uma carreira ativa, procuram esse tipo de serviço, pois não se sentem à vontade para negociar com empresas e além disso preferem dar foco total na criação de seus conteúdos. Dessa forma, e naturalmente respeitando os interesses do influenciador (e claro também do anunciante), a assessoria recebe todas as propostas comerciais de assessorado para negociar em nome dele. É um trabalho que exige confiança mútua entre as partes (assessoria e assessorado).
  • Prospecção de patrocínios: esse é um dos serviços mais procurados, com certeza. Na verdade entre os que procuram uma assessoria, “conseguir inscritos e visualizações” e conseguir patrocínios com certeza é um dos objetivos da pessoa que nos procura. No entanto, nem todo canal ou conta de rede social está no ponto correto para que se procure empresas que queiram anunciar nele. Com o passar do tempo, algumas empresas foram se tornando cada vez mais exigentes quanto a que influenciador irá contratar, e uma dessas exigências cada vez mais é a audiência (quantas pessoas assistem ou vêem os conteúdos) e os seguidores (quantos inscritos o influenciador tem). Ainda que exista uma tendência para se procurar os “micro influenciadores”, o que mais é visto pelas empresas ainda é (entre os dois fatores que comentamos) a quantidade de inscritos.
    É necessário fazer um bom trabalho de otimização do canal ou da rede social para que eles possam ter um alcance melhor e ai sim estar no ponto correto para receber propostas de empresas.
  • Otimização dos conteúdos produzidos pelo influenciador: esse é um trabalho técnico que apesar de trazer resultados consistentes, leva um tempo para que apareçam. Inclui a escolha ideal de tags e textos para a descrição dos vídeos, melhores assuntos para postar nas redes sociais, escolha de hashtags e muito mais.
  • Assessoria para gestão de crises: muitas vezes o influenciador sem querer acaba se metendo em um problema por postar algum conteúdo polêmico ou que tenha gerado algum tipo de discussão agressiva entre os seguidores. O que fazer nesse caso? Como responder de maneira correta a comentários agressivos? E como lidar em geral com seguidores? Tudo isso está envolvido no serviço de assessoria para gestão de crises.
  • Assessoria para criação de conteúdo: isso envolve criar um banco de idéias para conteúdos, criação de roteiros para vídeos, acompanhamento de resultados de conteúdos criados, estudo de melhores conteúdos a serem produzidos. Esse serviço pode ser especialmente útil para quem quer sempre ter o que postar sem ter que usar muito seu tempo para pensar em idéias.
  • Divulgação de conteúdo em meios noticiosos: sim, algumas assessorias para influenciadores digitais fazem esse trabalho, funcionando quase que como uma assessoria de imprensa. Esse é um trabalho valioso para que o conteúdo que você produz seja atingido por mais pessoas.

Como você pode ver, o trabalho que uma agência de YouTubers, ou assessoria para influenciadores digitais pode ser enormemente amplo. E a grande maioria desses serviços que comentamos leva um tempo para se conseguir resultados mais fortes.

É por isso que é tão importante que quando você contrate uma assessoria, não pense em resultados imediatos. O trabalho de uma assessoria exige muita dedicação, profissionalismo e um certo tempo.
A Warp Media oferece algumas opções de pacotes de serviços que podem ser úteis para você que quer ter sucesso, seja no YouTube ou nas redes sociais, como influenciador digital.

Se você quer saber mais sobre nossos serviços, CLIQUE AQUI.

YouTube acusado de usar dados de crianças ilegalmente

Na onda do “Big Brother” versão redes sociais, outra mídia social está sendo acusada de uso ilegal de dados de seus usuários. A bola da vez agora é o Youtube.

O YouTube estará, aparentemente, recolhendo dados de crianças menores de 13 anos sem o consentimento dos pais, o que é no mínimo curiososo, já  que a plataforma é para ser usada por maiores de 13 anos. A denúncia parte de uma coligação de 23 associações de direitos das crianças, consumidores e de privacidade e foi noticiada pelo TheGuardian.

A associação apresentou uma queixa à Comissão de Comércio Federal norte-americana alegando que a Google, dona da plataforma YouTube, além de recolher dados sem autorização ainda por cima prepara e exibe anúncios dirigidos a crianças com menos de 13 anos, violando a legislação norte-americana que prevê a proteção das crianças online (US Children’s Online Privacy Protection Act, Coppa).

Além disso, mesmo que o YouTube afirme que seus vídeos são para maiores de 13 anos,  a associação denuncia que a Google sabe que há crianças mais novas assistindo aos vídeos e que  recolhe informação sobre os dispositivos, localização, números de telefone e os segue em vários sites sem  o consentimento dos pais.

Um dos argumentos da associação é que o YouTube exibe anúncios destianados à crianças e inclusive o fato de terem criado o YouTube Kids, que também mostra anúncios, indica o rastreio sem autorização. Até o momento da publicação do texto no The Guardian, a Google ainda não tinha se manifestado.

Se você é ou quer se tornar um influenciador digital, podemos ajudar. CLIQUE AQUI.

Como ser YouTuber?

Como ser um YouTuber de sucesso? Essa é a pergunta que cada vez mais pessoas fazem.

Primeiro vamos definir o que é um YouTuber.

O QUE FAZ UM YOUTUBER AFINAL?

Bem, estamos falando de um termo de origem inglesa. Geralmente palavras que utilizam um substantivo e o alteram com a terminação “er” como que transformam esse substantivo numa profissão, uma ocupação, seja ela paga ou não. Então se “YouTube” é o substantivo, “Youtuber” se refere a quem utiliza o YouTube como uma ocupação, mesmo que não necessariamente a pessoa ganhe dinheiro com isso.

Então, se você produz conteúdo para o YouTube de maneira frequente, parabéns, você pode corretamente se considerar um YouTuber! Lembre-se, um YouTuber precisa produzir conteúdo constantemente, então ter um canal e apenas “quando dá” colocar vídeos novos lá não faz de você um YouTuber. Pense nisso, ok?

ORGANIZE SUAS IDEIAS

Parece óbvio mas não é. Quando pensar em criar um canal, pense bem sobre o que irá ser seu canal. Antes de simplesmente pensar num nome qualquer (veja os nomes dos canais no YouTube e veja como o pessoal é “criativo”), pense em pelo menos 3 temas nos quais você é bom ou gosta muito de falar. Se você não consegue pensar em nenhum tema em especial, o ideal é esperar até ter isso bem definido, pois não ter ideia sobre o que falar é indicativo de que você não está pronto para começar.

Das 3 ideias, veja as que mais tenham a ver com você: qual dos assuntos você domina mais? Qual você já teve boas experiências? E principalmente, avalie qual dos temas seria mais fácil para atrair público, pois alguns temas são mais populares que outros. Tente achar um equilíbrio entre algo popular mas que você domine.

FAÇA O PLANEJAMENTO DO SEU CANAL

E com planejamento queremos dizer de verdade, à sério. Com poucas exceções, a maioria dos canais têm como fazer um planejamento de tudo o que vai acontecer no canal, desde roteiros, temas e até mesmo o que vai postar nas redes sociais relacionado ao seu canal.

Grandes YouTubers em geral costumam ter uma rotina de planejamento bem rigorosa, inclusive muitos criam planilhas no Excel para controlar os temas que serão abordados e como serão abordados. Aliás essa é uma ótima ideia para você se organizar. Crie uma planilha no Excel e em cada aba nomeie com o nome do mês corrente. Escreva os temas que quer produzir e em outra coluna, a data da produção. Em outra coluna, inclua detalhes que você quer colocar no vídeo como fonte de vídeos, imagens, áudios e mais.

Mas todo o planejamento será inútil se você não fizer o abaixo:

TENHA DISCIPLINA

Depois de tudo planejado, é hora de agir. E essa ação precisa ser disciplinada, senão o que vai acontecer é você na primeira semana de canal se dedicar, e na segunda já perder o ritmo e além de já não planejar nada, ainda vai começar a postar vídeo apenas “quando der”. Se essa queda acontecer, não reclame depois de que seu canal não cresce e você não sabe o porquê.

TENHA FREQUENCIA

Isso tem tudo a ver com disciplina também. É importante que você dedique um tempo, se possível diariamente, para cuidar do seu canal, mesmo que não seja o dia marcado para postar vídeo novo.

Separe um dia (todo dia é melhor) para divulgar seus vídeos, falar com inscritos, fazer postagens nas redes sociais, enfim, trabalhar sua marca como YouTuber. Isso não pode falhar, precisa ser metódico e constante. Com o tempo você consegue pegar o hábito e aí fica tudo mais fácil.

FAÇA CONTEÚDO QUE PRESTE!

Sem preconceitos, mas capriche no que vai apresentar no seu canal. Não adianta gravar “qualquer coisa” e esperar que isso vai fazer sucesso. Se seu conteúdo não for no mínimo, interessante para um bom número de pessoas, você não vai chegar onde quer. Por isso é tão importante pensar bem no que vai postar. Pra isso, pesquise sobre os assuntos mais falados (dentro do tema do seu canal, lógico) e produza algo em cima disso.

Lembre-se que seu canal precisa ter um foco. Se é de games, você precisa falar de games, se é vlogs, vlogs e assim por diante. Fazer de tudo um pouco é péssimo, principalmente no começo do canal, onde sua audiência está em formação.

Outra coisa: se por algum motivo você não gostou do vídeo, não o poste! Grave outro vídeo e tantos quantos forem necessários, até você satisfeito com o resultado. Se você que é o dono do canal não ficar satisfeito, quanto mais sua audiência. Você precisa ser o crítico mais feroz do conteúdo que você produz.

NÃO DESISTA!

Com certeza, esse é o conselho mais importante. Se você for persistente no que fizer e se dedicar da maneira certa, pode ter certeza que os bons resultados virão.

Se você procura por uma assessoria profissional para seu canal, CLIQUE AQUI

 

 

 

Influenciadores Digitais: como uma assessoria para Youtubers pode te ajudar

INFLUENCIADORES DIGITAIS: VOCÊ É UM DELES?

Influenciadores Digitais estão em alta, provavelmente se você está aqui é porque também se interessa nesse assunto.

A primeira pergunta que queremos propor aqui é: você precisa de uma assessoria para Youtubers? E a resposta é simples: depende. Mas depende de quê? Vejamos:

Muitas pessoas concordam que para ter sucesso em algo é necessário “andar juntos” com pessoas que possam dar o apoio que você precisa, especialmente por quem sabe, fazer coisas que facilitam sua vida. Esse é um ponto importante quando alguém pensa em contratar uma assessoria para sua carreira de influenciador digital (seja Youtuber, Instagrammer, Blogger ou com foco em outra mídia social).

Uma assessoria (ou agência de influenciadores digitais) tem como principal missão facilitar a vida de seus clientes, por ajudar a promover, desenvolver e até gerenciar a carreira dessas pessoas, para que elas tenham sucesso.

TÁ, MAS EU PRECISO CONTRATAR ALGUÉM PRA TER SUCESSO?

Boa pergunta! Isso depende de muitos fatores, por exemplo, no tempo que você tem disponível para se dedicar ao canal que escolheu para influenciar. Quantas horas por dia você pode se dedicar à sua carreira de influenciador? Pode parecer que não, mas muitos Youtubers dedicam várias horas diárias para criar conteúdo, o que inclui estudar o que irão publicar (isso dá um trabalho!), gravar e editar seu vídeo.

Além dessa parte “básica” ainda precisamos comentar que quando um influenciador digital começa a ter audiência mais grande, ele começa a ser procurado por empresas para participar de projetos e começa a receber ofertas de campanhas onde ele irá receber para falar ou mostrar produtos e serviços.

influenciador digital

Fazer tudo isso pode parecer fácil mas não é. No caso das empresas que entram em contato, antes de aceitar uma proposta de projeto, é necessário analisar se o anunciante está realmente fazendo uma boa oferta, se a oferta é real, se o produto não é uma fraude (de vez em quando aparecem casos de empresas fraudulentas anunciando nas mídias sociais). Isso pra não falar sobre a parte da aceitação da proposta em si, que em alguns casos envolve contratos que precisam ser entendidos para que você não entre numa fria sem perceber.

Agora me responda você: se você tem por exemplo, um canal no YouTube e gosta dele, qual a coisa que você mais gosta de fazer? Supomos que seja fazer vídeos!

Então, a parte que provavelmente você deve achar mais “chata” é justamente todo o resto (negociar com anunciantes, promover etc). E mesmo que você goste dessa parte também ainda há a questão “tempo”.

Aí é que entra a assessoria. Além de deixar o caminho livre pra você poder se “preocupar” apenas com seus vídeos, ela cuida de sua carreira, negociando da melhor maneira possível por você, dando orientação valiosa sobre marketing nas mídias sociais e dependendo do serviço contratado, ainda ela pode atender seus seguidores, dando respostas básicas e postando por você em suas redes sociais!

Existem influenciadores digitais que realmente conseguem fazer tudo o que mencionamos sozinhos e têm sucesso. Mas quando nós vamos atrás dos maiores influenciadores do Brasil, você vai perceber que praticamente todos eles são agenciados por alguma assessoria, é só pesquisar.

E se até mesmo os “grandes” sabem da importância de ter os serviços de uma assessoria, que dizer de quem está começando e ainda precisa aprender as “manhas” das ferramentas online?

Uma assessoria para influenciadores digitais é um serviço especializado. O nosso trabalho é unicamente fazer com que você tenha sucesso, da maneira mais eficiente possível. Trata-se de um trabalho sério, que mostra resultados a médio e longo prazo, pois a meta é crescer da maneira correta e não de maneira afobada, o que pode até trazer riscos para sua carreira.

ENTENDI. E COMO FAÇO PRA CONTRATAR UMA ASSESSORIA?

Fácil. É só você vir neste link escolher o pacote que mais estiver dentro do que você procura e pronto! A Warp Media tem várias opções de pacotes de serviços, com foco em cada perfil de influenciador.

Ou entre em contato, você também pode ter um serviço totalmente desenhado para suas necessidades, existem várias possibilidades. Para falar com a gente é só CLICAR AQUI.

 

Como contratar um Youtuber

COMO CONTRATAR UM YOUTUBER

  1. Defina primeiro o tipo de público que você quer atingir
  2. Analise cabalmente os dados da audiência desse canal (esqueça a quantidade de inscritos)
  3. Se a audiência for adequada para seu produto, entre em contato
  4. Defina com ele (ou sua assessoria ou agencia de influenciadores) como será a campanha e seus objetivos
  5. Defina o valor a ser investido

Contratar um YouTuber faz parte do planejamento de marketing de muitas empresas. Por que? Porque muitas empresas sabem do poder que tem um influenciador falando do produto ou serviço delas. Nós já comentamos sobre o poder de influência que tem alguém falar de seu produto para uma audiência.

Mas como contratar um Youtuber, ou outro tipo de influenciador digital para te ajudar a promover sua empresa? Vamos mostrar para você os passos mais importantes. Olha só:

 

1- Para quem você quer promover sua empresa ou produto? contratar um youtuber avatar

Antes de contratar um Youtuber, pense nas pessoas que tem potencial para comprar seu produto. Quem são? Qual um perfil comum que elas têm (homens casados, entre 30 e 40 anos que gostam de futebol, etc) ? Em muitos casos mesmo que seus clientes tenham perfis variados, é possível traçar um perfil médio. Em marketing chamamos isso de “persona” ou “avatar” (mas não aquele do desenho ou do filme do James Cameron)

Com esse perfil em mente, é necessário fazer parceria com um influenciador de preferência que fale com esse público, com esse perfil de pessoas. Isso vai facilitar para que seu produto seja mostrado pra quem se importa ou pode se importar com ele.

2- Que números são mais importantes em um canal do Youtube?

Geralmente, muitas empresas cometem um erro comum, porém compreensível: decidem anunciar em certo canal porque ele tem “milhões de inscritos”. Mas porque dizemos que é um enorme erro fazer isso?

contratar um youtuber inscritos fanstasmasEm primeiro lugar, o Youtube está infestado de canais com inscritos “fantasma”, gente que se inscreve num canal e depois não acompanha mais. Prova disso é quando você encontra um canal com 1 milhão de inscritos porém com uma média de visualizações por vídeo de 10 mil ou menos (ou seja menos de 1% do número de inscritos vê cada vídeo). Então muito mais relevante são as visualizações que um canal tem. Mas mesmo isso não é tão importante quanto o que vamos mencionar agora:

Perfil demográfico do canal:da quantidade de gente que visita o canal, quantos são homens, mulheres, quantos são adultos, quantos adolescentes e quantas crianças vêem o canal? Saber isso ajuda muito a saber sobre o perfil da audiência do canal.

Quantidade de interação que o canal tem: cada vídeo tem quantas curtidas em relação ao número de visualziações? E os comentários, como é a proporção dos comentários recebidos? Temos também que avaliar o que comentam os visitantes, pois isso revela muito sobre a audiência do canal. Não adianta nada por exemplo, anunciar produtos automotivos num canal cujo público é composto principalmente de crianças. Além disso, nos comentários você vê o poder de influência que tem um canal, o quanto sua audiência é responsiva e quanto eles respeitam esse influenciador.

3- Entrando em contato com o influenciador

Sim, parece fácil e até óbvio, mas aqui não nos referimos a simplesmente procurar o e-mail do influenciador e entrar em contato. Esse contato precisa ser direto e fácil de entender ao se contratar um youtuber.

Não mande mensagens muito curtas: é uma péssima ideia mandar uma mensagem simplesmente dizendo que “tem interesse em anunciar no canal” porque “tem uma empresa”. Diga exatamente qual é o produto que você quer anunciar e qual a ideia que você tem em mente para o anúncio.

Não mande mensagens muito grandes:o oposto também não é agradável. Muitos influenciadores tem uma vida ocupada e checam o e-mail às vezes uma vez ao dia, ou menos. Então, é inútil na mensagem você querer contar a história de sua empresa ou mostrar quão “grande” ela é. Seja direto, passe apenas a informação que o influenciador quer saber e nada mais. Se coloque à disposição para esclarecer mais detalhes se for preciso.

4- Defina com ele quais serão os objetivos da campanha

Pode ser que você não saiba ainda exatamente como seu anúncio vai aparecer no canal escolhido. Mas algo que você deve saber é onde você quer chegar com essa campanha. Quer tornar sua marca conhecida? Ou seria vender um produto especificamente?

Para isso uma boa ideia pode ser contratar uma agência de Youtubers, ou assessoria de influenciadores digitais, como a Warp Media

Nós podemos ajudar com a montagem da campanha, acompanhar os resultados e ajustar o que for preciso pra você ter o resultado que quer.

5- Defina o valor a ser investido

Em primeiro lugar você deve saber que cada canal tem um perfil e cada influenciador tem uma visão sobre quanto “vale seu trabalho”. Por  isso, é comum que um canal com por exemplo, 100 mil inscritos peça um valor superior a outro de 300 mil inscritos para fazer uma campanha. Além dos motivos que explicamos anteriormente, o sentido de valor que cada influenciador tem precisa ser respeitado.

Mas evidentemente que você também precisa respeitar seu orçamento! Então defina internamente um limite para investir e se apegue a ele. Se um influenciador não quiser fazer uma campanha por motivo de preço, continue procurando.

Nisso, nossa agência de Youtubers (e outros influenciadores digitais) pode te ajudar bastante. Uma coisa é certa: se você quer contratar um youtuber, chame a Warp Media!

CLIQUE AQUI E ENTRE EM CONTATO!

Como conseguir mais inscritos no YouTube parte 01: criando autoridade

 

Todo mundo que tem canal no YouTube quer mais inscritos. Isso é fato. Agora como conseguir mais inscritos?

Não existe apenas uma forma de se conseguir isso, mas existem algumas coisas que podem ser feitas para que seu canal possa crescer e inclusive, que você tenha mais visualizações em seus vídeos. Vamos postar aqui uma série de dicas que podem te ajudar com isso, a primeira que vamos comentar é o fator “autoridade”.

Como criar autoridade no mundo digital

Imagem: vamos pensar no seguinte. Você está passando no mesmo quarteirão em que está um hospital. E de repente você vê caminhando na calçada uma pessoa, vestida toda de branco, e com alguns papéis na mão. Quem você imagina que seja essa pessoa?

“Provavelmente é um médico, ou um enfermeiro”, você diz. Por que? Pela aparência da pessoa.  Mesmo que a pessoa não for um desses profissionais, nesse caso, como você não vai ter a curiosidade de perguntar diretamente, por dedução a gente tem a impressão de que se trata de alguém que trabalha na área da saúde.

Isso funciona com praticamente tudo na vida: nós temos a tendência de julgar pelo que vemos. Havia um gestor de vendas que costumava dizer que para que alguém fosse bem sucedido na vida, ele precisa primeiro parecer bem sucedido.

influenciador digital

E não estamos falando aqui de dizer mentiras e sim sobre postura. Hoje, se você quer ser reconhecido como um influenciador digital de sucesso, que tem muitos inscritos no YouTube, você precisa agir como alguém assim age. E como é isso?

  • Se importando com sua audiência: seja ela o tamanho que for: respondendo a comentários em seus vídeos e nas redes sociais, mencionando alguém ou algumas pessoas que tenham interagido com você recentemente. Isso irá fazer com que seu público crie um vínculo com você, o que é essencial para que eles queiram indicar você para outras pessoas.
  • Levar sua atividade no YouTube (ou outras mídias) com seriedade: você tem todo o “direito do mundo”de usar o YouTube e as outras mídias digitais como uma diversão, afinal eles foram criados para isso. Mas se o que você quer é ter muitos inscritos no YouTube e principalmente, ser reconhecido como influenciador digital de sucesso, então seu trabalho nas mídias sociais precisa ser sério. Com sério queremos dizer bem pensado, planejado, de maneira a que cada passo seu seja parte de um plano para se chegar a um objetivo. Para você ter ideia, muitos dos influenciadores digitais que fazem sucesso hoje em dia cuidam de seus canais por várias horas durante o dia, em alguns casos, o dia inteiro!
    Então não pense que é só postar seus vídeos e esperar o sucesso. Se você faz isso, vai ser muito difícil que seu canal cresça.
  • Ver seu canal como uma marca: isso é muito importante. As pessoas devem se identificar com a imagem que seu canal representa, e você e seu canal devem representar algo para algum grupo, ou grupos. Veja só, meio que fazendo propaganda grátis aqui: quando pensamos em Nike, o que vem à mente? Pode ser que pensemos em esportes, qualidade, grife. Isso é o que a marca Nike representa para muitas pessoas e provavelmente é o que eles querem que represente mesmo.
    Uma marca precisa ser cuidada. Assim, veja seu canal (ou blog, mídias sociais, etc) como uma marca que tem a missão de representar alguém, um grupo de pessoas. Quem são? Do que gostam? Quando você descobrir isso verá que já sabe o que deve produzir para agradar a esse pessoal.

Conteúdo é Rei: deve governar sua estratégia

Em marketing dizemos que “conteúdo é rei”se referindo à importância de se criar conteúdo que seja de interesse pra muitas pessoas que geralmente fazem parte de um grupo.

Assim, preste atenção a que tipo de conteúdo você publica em seus vídeos e posts nas redes sociais. Você costuma seguir uma linha de raciocínio ou faz conteúdo extremamente variado, a ponto de alguém não saber qual o tema do seu canal no YouTube, por exemplo?

É sempre bom variar o conteúdo de vez em quando, mas não ter um tema central pode complicar bastante as coisas para a audiência que você tanto quer. Assim, se você quer ter um canal de beleza por exemplo, fazer vídeos sobre games não vai ajudar seu canal. Pior ainda é quando seu canal tem vários vídeos sobre beleza, sobre games, análises de produtos de tecnologia, vlogs de humor e culinária. Não tente agradar a todo mundo.

Defina um tema para seu canal. Se vai ser games, o foco obviamente são os games, se é moda, moda e assim por diante. Claro, não tem problema de vez em quando variar um pouco, mas isso tem que ser de vez em quando, não de vez em sempre!

Como usar corretamente o campo “descrição” nos vídeos do YouTube

O motor de busca usado pelo YouTube não consegue ver e ouvir os vídeos. Mas consegue ler o que estiver escrito.

Isso significa que um dos fatores que fazem com que o YouTube mostre mais um vídeo que outro é a forma em que eles aparecem descritos. Muitas vezes, vemos vídeos em que o campo descrição é usado apenas para colocar os links das redes sociais e para pedir para que as pessoas se inscrevam no canal. Isso não é uma boa forma de usar esse espaço nos seus vídeos.

A melhor forma é escrever um texto bem legal sobre seu vídeo, usando as palavras chave, ou os termos que as pessoas irão escrever para procurar um vídeo do tipo do que você está postando. Vou dar um exemplo.

Vamos supor que você vai postar um vídeo sobre “Receita de bolo de chocolate”. Bem, pensemos num título chamativo, como “Como fazer bolo de chocolate fácil e rápido”. O que vai na descrição?

Pense nas palavras mais importantes relacionadas ao assunto do seu vídeo, no caso, bolo de chocolate. O que mais as pessoas procuram relacionado a bolo de chocolate?

Usando a ferramenta “Keywordtool” junto com “bolo de chocolate”as pessoas procuram os termos “fácil” “fofinho” “simples” “recheado” “com morango” entre várias outras. Então procure postar uma receita de preferência, de um bolo de chocolate fácil de fazer recheado com morango bem fofinho! Hahahaha!

Mas falando sério, na descrição procure usar os termos que você encontrou na ferramenta. Escreva várias frases que descrevam o que as pessoas vão encontrar em seu vídeo e procure incluir os termos que você encontrou que são procurados pelas pessoas. Use ao máximo o espaço de descrição, quanto mais texto informativo lá melhor.

Mas, espera aí, os YouTubers “grandes” fazem isso?

É verdade não são todos os que tem hoje grande audiência que se preocupam com esses detalhes. Mas como eles já tem um público cativo, atualmente eles se vêem pouco ameaçados por concorrentes, pois poucos utilizam esses recursos que mencionamos aqui.

Lembre-se: quem é rico não precisa pegar metrô pra chegar onde quer. Vai de carro com chofer. Se você ainda não é “rico” de audiência, não tem como viajar acomodado para o sucesso. O caminho é usar o transporte público mesmo, ou até ir a pé mesmo.

Então se você hoje não tem audiência, não vai adiantar pensar que só porque os “grandes” não cuidam de detalhes técnicos, você pode se dar ao luxo de ignorá-los.

Vai a luta! Num artigo futuro a gente conta mais sobre como você consegue mais inscritos. Até lá!

influenciador digital

Quanto custa ter uma Assessoria para Influenciadores Digitais?

Nunca esteve tão na moda os influenciadores digitais. Com fãs que são verdadeiros “seguidores” enlouquecidos, muitos deles precisam tomar medidas de segurança dependendo do lugar em que vão. Gozam a vida de celebridades, pelo público que os acompanha e pela a crescente atenção que as mídias têm dado a eles.

E provavelmente você que está lendo esse artigo nesse momento ou já é ou tem o sonho em se tornar um influenciador digital, nome que é atribuído a quem produz conteúdo online, seja através de vídeos, artigos ou posts em redes sociais e que pelo público que consegue atingir, tem o poder de influenciar essas pessoas a tomarem decisões, pensarem de certa maneira e agirem de acordo com as idéias que eles promovem.

Os influenciadores digitais se tornaram um recurso poderoso de marketing para as empresas. Sabendo disso, muitos desses influenciadores digitais vêem a necessidade de se profissionalizar, muitas vezes procurando ajuda profissional de agências ou assessorias especializadas nesse ramo. Essas empresas se dedicam a cuidar da imagem do influenciador em questão, em alguns casos cuidam também das redes sociais e dos contratos publicitários que o influenciador digital esteja negociando. Mas quanto custa contratar uma assessoria de influenciadores digitais?

Primeiro precisamos comentar que preço não é o mesmo que valor. Como assim? Preço é simplesmente o que você gasta, em dinheiro, para conseguir algo. Valor pode incluir o preço mas também tudo o que aquele produto ou serviço vai agregar para você. Basicamente isso.

Falando sobre o quanto custa contratar uma assessoria para influenciadores digitais, veja  só o que está envolvido, ou tudo o que vai te “custar”:

  • Se dispor a seguir as orientações que a assessoria te passar, confiando que eles irão cuidar bem de sua carreira.
  • Vai te custar ser paciente, pois os resultados em geral não aparecem “da noite para o dia”. Às vezes um YouTuber pensa que contratando uma assessoria, em pouco tempo seu canal “vai bombar”. Não é bem assim, para se construir uma autoridade e um nome leva tempo. O segredo é crescer corretamente. A assessoria leva isso a sério e você também tem que levar.
  • Você também vai precisar de ter disciplina. Ver seu canal (ou blog, Instagram, etc) como um negócio em que você deve investir seu tempo principalmente. E em alguns casos, fazer investimentos financeiros também.

Agora falando sobre o “preço”  essas são algumas formas em que uma assessoria pode cobrar:

  • Pode cobrar um valor sobre as negociações fechadas, que pode variar entre 20 a 40% (isso varia muito!)
  • Pode ser um valor mensal, por cuidar de toda a parte de planejamento e gerenciamento de suas redes sociais, além dos serviços de assessoria em si.
  • E pode ser uma uma mistura entre as opções anteriores.

Você realmente não é obrigado a contratar uma assessoria pra ter sucesso como influenciador digital. Mas se optar por contratar uma assessoria, tenha a certeza de que você está fazendo um investimento para ter sucesso da maneira correta.

Nós da Warp, oferecemos alguns serviços que podem ser interessantes pra você. Dá uma olhada nesse link http://warpmedia.com.br/servicos lá tem um resume deles.

Até o próximo artigo!