Agência de YouTubers: como escolher uma pra você? Dicas e cuidados

Com o sucesso constante do YouTube, a cada dia, milhares de pessoas no mundo todo decidem investir na plataforma de maneira profissional. Com o tempo surgiram empresas que se dedicam a cuidar dos interesses de quem produz conteúdo para Youtube e outras plataformas sociais.

Mas, como em toda indústria, é preciso ter muito cuidado ao se escolher uma empresa para cuidar de sua carreira de influenciador digital. Nesse artigo vamos comentar alguns cuidados que você deve ter e também como trabalhamos aqui na Warp Media. Vamos lá!

Que serviços uma agência de YouTubers oferece?

Geralmente, uma agência de influenciadores cuida:

  • Negociações com possíveis anunciantes, empresas, eventos: se você já tem uma carreira consolidada como influenciador digital, com certeza você é procurado por empresas que querem anunciar com você, além de convites que você deve receber de vez em quando para participar de eventos diversos. O ponto é que nem toda proposta é boa, então contar com profissionais que vão negociar por você melhores condições pode ajudar bastante. E isso é exatamente o que uma agência de influenciadores faz.
  • Edição de vídeos: seja iniciante ou veterano, todo mundo que produz vídeos tem a vida facilitada se puder contar com alguém que faça as edições pra ele(a). Afinal, editar vídeos pode ser uma tarefa que além de exigir muita paciência, pode ocupar muito tempo. Tempo em que você como influenciador poderia estar usando para outras atividades, inclusive produzindo mais vídeos.
  • Apoio com roteiros: os roteiros são parte essencial de um vídeo. Mas nem todo mundo tem paciência ou sabe como preparar um bom roteiro, ou pelo menos quais assuntos podem estar num roteiro. Uma agência de influenciadores te ajuda a organizar o conteúdo que você vai produzir, te ajudando com sugestões de temas para vídeos e em alguns casos fazendo ajustes nos roteiros ou até criando alguns deles para você.
  • Thumbnails: as famosas capas de vídeo. Elas precisam ser chamativas se você quiser que seus vídeos sejam chamativos para quem procura conteúdo no YouTube. E ter um designer para fazê-las pra você com certeza vai te adiantar um tempo valioso.
  • Otimização do canal: é importante saber como posicionar bem seu canal dentro do YouTube. Para isso, é necessário que cada vídeo use bem o espaço de descrição de vídeo, as tags dos vídeos e do canal, a descrição do canal, os títulos dos vídeos precisam ser bem pensados entre outras coisas. Uma boa agência pode cuidar disso para você.
  • Gestão de suas redes sociais: como deve ser sua interação com o público nas redes sociais? O que postar nelas para trazer o público para seu canal? Uma boa agência não só cuida disso, como também planeja e publica por você conteúdos de alta qualidade.
  • Gestão da carreira: com a vida agitada que os influenciadores digitais têm, é bom ter uma equipe para cuidar dos compromissos, da relação do influenciador com a imprensa, com anunciantes, com seguidores e ajuda na tomada de decisões profissionais. Uma boa agência faz isso.

E se a agência não for boa?


Aí sua carreira pode estar em perigo! Veja agora algumas coisas que você deve estar atento:

  • A agência oferece um contrato fácil de entender? Aliás, existe um contrato?
  • Existe transparência nas negociações em geral que a agência faz em seu nome? Há relatos de agências que decidem colocar altas margens de lucro nas negociações que faz em nome do seu assessorado. Em alguns casos, o valor que normalmente o influenciador cobraria é dobrado pela agência, afim de que possam obter o máximo de lucro. Uma boa agência diz claramente como negocia e a margem em que trabalha.
  • Também existem relatos de que algumas agências criam campanhas de “recebidos” (mercadorias que anunciantes enviam para ser analisados e mostrados ao público pelo influenciador) para ao mesmo tempo gerar a ideia de “resultado” para o influenciador e também obter ganho do anunciante. Por exemplo, uma agência ruim pede a várias empresas kits de produtos que irão ser entregues a seus clientes. Porém eles pedem um valor ao anunciante em dinheiro para fazer a distribuição dos kits, dinheiro esse que o influenciador não vê, apenas a agência.

Como escolher uma boa agência de YouTubers

Você pode analisar os pontos que comentamos nesse artigo. Veja o website da agência, veja as informações que ele disponibiliza sobre YouTube, se é relevante ou não.

Além disso, veja exatamente quais são os serviços que eles oferecem. Muitos websites de agências dão destaque a quão “cool” eles são e se esquecem de mostrar efetivamente o quê eles fazem. Isso pode ser um alerta.

Muitas agências “grandes” fecharam as portas nos últimos anos. Agências que começaram com investimentos milionários e que já vieram com grandes nomes da internet. E hoje, a maioria de seus antigos clientes quer distancia do serviço deles, por causa desses problemas.

A melhor agência de YouTubers

A Warp Media é uma empresa que desde sua fundação é composta por amigos que amam o que fazem. Nós nunca recebemos aportações milionárias de empresas do exterior, nem nada disso.

Somos uma equipe multidisciplinar, composta por vários profissionais, que muitas vezes (para não dizer sempre) trabalham até tarde todos os dias, para produzir o melhor resultado para nosso cliente.

Transparência no trato e nas negociações, trabalho com excelência, equipe sempre motivada a motivar o cliente. Esses são alguns dos valores da Warp Media.

Para nós, receber comentários de clientes agradecendo pelo bom trabalho, felizes por terem atingidos suas metas é algo maravilhoso!

Se você é influenciador digital ou está planejando entrar nesse ramo, fale com a gente! Conheça nossos pacotes de serviço CLIQUE AQUI.

Dicas para turbinar o seu canal no YouTube

Turbinar seu canal no YouTube. Tudo otimizado e o canal bombando. É isso o que você quer?
Nesse artigo, vamos te mostrar algumas dicas que vão dar aquele gás a mais no seu canal. Veja só:

Não despreze o campo “descrição do vídeo”

Muitos vídeos no YouTube têm no texto da descrição simplesmente o título do vídeo e os links das redes sociais da pessoa ou pessoas que estiverem no vídeo. Um baita desperdício de espaço! Imagina que você tivesse um espaço para falar sobre seu conteúdo. Você iria querer aproveitar bem esse espaço, certo? Bem, no campo “descrição”, você tem espaço para 5000 caracteres. Dá para colocar um texto bem grande lá, recheado de palavras chave que, se estiverem coerentes com o texto e as tags usadas, vai te ajudar a posicionar melhor seu canal como um todo.

Use o método “corrente de vídeos”

Essa é uma forma de que seus vídeos “aproveitem” a audiencia de um em outro. Você pode fazer assim: programe uma sequencia, de pelo menos 5 vídeos. No primeiro você vai falar vamos supor aqui que sobre como fazer um bolo de chocolate perfeito. No final desse vídeo, você comenta que seu próximo vídeo vai ser sobre como preparar um bolo de banana muito bom. Nesse vídeo do bolo de banana, você vai comentar no começo que no seu vídeo anterior você deu uma receita de bolo de chocolate muito boa e nesse momento, aparace um card com o link para esse vídeo. Você vai fazer referência a esse card, inclusive apontando para o canto onde ele aparece (canto superior direito do player do YouTube). No final do vídeo, você vai dizer que seu próximo vídeo será uma receita de bolo de liquidificador.
Dessa forma, o público que gostou do vídeo, provavelmente vai se interessar em ver os outros vídeos também. Você pode fazer sequências específicas com base em um assunto, ou até mesmo unir todos os vídeos do seu canal usando esse método.

Lembre-se: para o YouTube, “texto é vida”

Uma das maneiras em que o sistema do YouTube usa para classificar vídeos e canais é através do conteúdo escrito. Então, quanto mais texto você usar, melhor.

Mas onde por esses textos?

Na descrição dos vídeos. Lembre-se, são 5.000 espaços para você escrever. Use bem esse espaço. É verdade que a maioria das pessoas não pôe atenção nenhuma no texto da descrição. Mas não tem problema nenhum, porque o YouTube presta muita atenção nesse campo. Tudo o que ajudar o YouTube a classificar seus vídeos é importante. E um texto de descrição que deixe claro o objetivo do vídeo, o assunto do vídeo e do canal, vai ajudar bastante.
Isso é bem um exemplo de “escrever para o YouTube”. Você pode adaptar seu roteiro no texto de descrição.

Outro lugar que o YouTube pode ler textos é nos arquivos enviados. Por isso, lembre-se de usar palavras chave tanto no arquivo de vídeo que você vai subir quanto também no arquivo da thumbnail (capa do vídeo). Há pessoas que chegam a clicar em propriedades em seu arquivo de vídeo, ir na aba “comentários” e escrever ali palavras chave!

Capriche nas thumbnails

As capas de vídeo ajudam a chamar a atenção do público. Quanto mais chamativas forem, mais chances de ter mais público você terá. Vale a pena estudar um pouco sobre tratamento de imagens se você puder, ou ver algum tutorial de edição de thumbnails, no Youtube mesmo há vários.

Um detalhe importante é que as thumbs não devem ter tantos elementos para ser chamativa. Às vezes, pensamos que se colocarmos além de uma imagem, vários elementos gráficos, ou muito texto, a thumb fica boa. Nada disso! Se houve muita coisa para se ver na thumb, ela pode se tornar justamente o inverso, uma thumb sem graça e que não vai transmitir nenhuma informação para as pessoas.

Use uma imagem que na sua opinião, “resume” ou ilustra bem o ponto mais alto do seu video. Você não precisa dar spoilers, a ideia é chamar a atenção. Alguns YouTubers costumam usar setas e outros elementos para destacar um ponto da thumb que chame mais a atenção. Em se falando em thumbs, leve isso em consideração:

  • Use poucas imagens na thumb
  • Fica bom usar elementos gráficos, mas sem exagerar
  • Você pode escrever algo, mas de preferência apenas uma pequena frase ou expressão.

Não esqueça das TAGs!

TAGs são as etiquetas, um recurso que algumas plataformas sociais disponibilizam para posicionar melhor o conteúdo postado nelas. O YouTube permite que você inclua muitas TAGs nos seus vídeos. Essas são algumas dicas pra você sobre TAGs:

  • Prefira usar expressões ou frases em lugar de palavras avulsas
  • Não use TAGs que não tenham nada a ver com o assunto do seu vídeo. Por exemplo, se seu vídeo é sobre como fazer um bolo, não use TAGs como “rede globo” ou “fé em Deus”. Por incrível que pareça, muita gente coloca TAGs assim em seus vídeos, na esperança que usar palavras “muito usadas” vai ajudar.
  • Não é bom usar TAGs com nomes de canais famosos, mesmo que forem canais com a mesma temática do seu.

São muitas dicas e ações que você pode tomar e otimizar de maneira incrível e bem estratégica o seu canal, caso você queira uma ajuda especializada pode contar também com os serviços prestados pela nossa assessoria acesse www.warpmedia.com.br/serviços e conheça nossos pacotes!

YouTuber Zangado foi hackeado. Como você pode proteger seu conteúdo?

O YouTuber Zangado, um dos influenciadores mais famosos no YouTube pelas análises detalhadas e críticas bem desenvolvidas de games, teve seu canal hackeado, quase que coincidindo com o aniversário de 11 anos do canal. Os criminosos mudaram o nome do canal, apagaram ou privaram todos os vídeos e a princípio colocaram uma live de uma empresa de investimentos.

Vale lembrar que recentemente, outro grande YouTuber, o Rato Borrachudo também correu risco de perder seu canal, apesar de ter sido por outro motivo: uma empresa reivindicou os direitos de imagem em um de seus vídeos e o canal quase foi deletado do YouTube. Infelizmente, esses não foram os primeiros nem serão os últimos casos de canais que correm o risco de desaparecerem, pondo fim a uma história de esforços e sucesso.
Será que tem algo que possa ser feito? Separamos algumas dicas para você cuidar do seu patrímonio mais importante como influenciador, seu conteúdo.

COMO PROTEGER SEU CONTEÚDO

Seu conteúdo é seu patrimonio: e perceba que aqui a gente não está dizendo que seu canal é seu maior patrimonio, porque ELE NÃO É. Mas como assim?

Pra começar, o seu canal não é exatamente “seu”. Nos termos de uso do YouTube, está escrito:


Se acreditarmos que qualquer Conteúdo viole este Contrato ou pode causar danos ao YouTube, nossos usuários ou terceiros, podemos remover ou excluir o Conteúdo a nosso próprio critério. 

Você pode ler os termos nesse link. Isso significa que o YouTube pode remover qualquer conteúdo, incluindo qualquer canal que a plataforma considerar prejudicial a outros ou a ela mesma, seguindo critérios próprios, critérios que não são esclarecidos completamente em seus termos. Isso significa que o YouTube pode simplesmente deletar um canal “porque sim”, porque eles consideraram que o canal não é interessante para a plataforma.

Portanto, o canal, apesar de ter o nome que você escolheu e tem o conteúdo que você postou, não é exatamente seu, é do YouTube. Se algum dia a plataforma decidir eliminar seu canal, talvez não haja muito o que você possa fazer.

Então, a melhor decisão sobre seu conteúdo é que você o tenha protegido. Para isso, você pode usar serviços de armazenamento na nuvem, como o Google Drive por exemplo. São muitas opções, você pode ver a que melhor se adapta a suas necessidades. Se você estiver sem grana, pode fazer várias contas de armazenamento para ir guardando seus vídeos, imagens e textos lá.
Isso vai evitar que você fique sem espaço no seu computador para novos conteúdos. E caso aconteça algum problema com algum vídeo, você vai ter ele salvo pra repostar se for preciso. Recomendamos isso, principalmente para vídeos que são atemporais, ou seja, vídeos que mesmo com o passar do tempo, ainda são atuais.

Outra dica é que em alguns casos, ter um website pode ser interessante para manter seu conteúdo a salvo. Um website também pode ser atacado a qualquer momento, mas sempre é possível fazr um backup das informações e geralmente as empresas de hospedagem oferecem esse serviço. Um website é um espaço realmente seu, onde não existem “strikes” nem nenhuma restrição. Claro, dependendo do que for publicado lá, o dono do website pode sofrer sanções legais, mas isso é outro assunto.
Então considere a possibilidade de ter um website. Você pode por todos os seus vídeos nele, textos e ainda fazer promoções para seus seguidores e muito mais.

Outra dica que podemos comentar foi comentada pelo Youtuber Fiaspo, que inclusive já entrevistamos aqui. Veja o que ele comentou sobre o caso envolvendo o Zangado:

Realmente, o que o Fiaspo falou é verdade. Aqui na agência, nós também constantemente recebemos e-mails de empresas pedindo para que influenciadores de nosso casting baixem seus jogos em troca de pagamentos tentadores.
Então, cuidado com os e-mails que você receber, principalmente os que vierem com promessas muito boas para ser verdade. Muitos hackers fazem websites que parecem bastante o site de empresas sérias, como os de plataformas de redes sociais, bancos, plataformas de games e muito mais. Se você colocar seu login nesses sites falsos, os criminosos terão acesso a sua conta poderão roubar sua conta. Em outros casos, se pede que você teste um game que está hospedado em um site de armazenamento de arquivos, em lugar de estar em uma plataforma de games, como a Steam, por exemplo. Quando você faz o download do aquivo e o executa, você coloca um programa malicioso em seu computador, que vai coletar suas senhas e dados e com isso os criminosos podem inclusive conseguir seus dados bancários, dependendo das informações que você deixa em seu computador.

Você também precisa ter atenção a websites que pedem login com sua conta do YouTube. Veja se o site é confiável e se o sistema de autorização usado é realmente do YouTube.

Lembre-se, como influenciador, seu maior patrimônio é seu conteúdo e seu maior tesouro são seus seguidores, então cuide bem dos dois.

E se precisar de ajuda com sua carreira, CLIQUE AQUI e conheça nossos pacotes de serviços.

Esperamos que o Zangado em breve recupere seu canal e seu conteúdo!

5 motivos para você contratar uma Agência de YouTubers agora

Se você está lendo isso nesse momento, é porque você com certeza tem interesse ou pelo menos pensa em contratar ajuda profissional para seu canal.

Agências de YouTubers são cada vez mais populares e oferecem diferentes tipos de serviços. E os motivos para contratar uma são muitos. Vamos direto a eles então:

  1. Você está começando e quer orientação profissional. Esse é o motivo principal para muitos de nossos clientes nos procurarem. Eles começaram ou querem começar mas preferem ser guiados sobre o conteúdo mais adequado, as configurações do canal para que ele possa ser rankeado pelo Google mais rapidamente. Além disso, eles querem que alguém faça a edição de seus vídeos e cuidem também de suas mídias sociais.
    São preocupações legítimas. Afinal, todo mundo quer começar bem no YouTube, certo? Então o mais natural é que se você tem possibilidades, você vai contratar ajuda profissional.
  2. Você não tem tempo suficiente para preparar seu conteúdo e ao mesmo tempo cuidar corretamente de seu canal. É onde entramos!
  3. Apesar de seu canal já existir por algum tempo, você não vê avanço nos números do canal e gostaria de melhorar isso.
  4. Você já tem um canal com público bem consolidado, mas gostaria de contar com uma agência que possa cuidar de seus compromissos, participação em eventos e de sua carreira em geral.
  5. Economia. Você percebeu que se você for contratar os profissionais para fazerem tudo o que uma agência faz, vai sair muito mais caro (editor, gestor de redes sociais, profissional de SEO, assessor de imprensa, etc).

Como funciona uma agência de YouTubers?

Na Warp Media, nós temos uma equipe com vários profissionais especialistas em várias áreas. Quando você nos contrata, primeiro nos reunimos com você para saber suas necessidades, seus objetivos. Com isso em mente, nós analisamos com cuidado todo o material que você já tenha postado, analisando os números, o conteúdo e os resultados.
Em seguida, criamos um plano de comunicação, que é uma espécie de guia para todo o projeto.

No plano de comunicação definimos:

  • Análise do canal atualmente
  • Ações que são realizadas atualmente
  • Sugestões de conteúdo para canal
  • Sugestões de ações nas mídias sociais
  • Orientações sobre frequência de postagens no canal e redes sociais
  • A linha editorial que terá a comunicação do cliente

E contratando hoje, mês que vem meu canal já vai ser um sucesso?

O serviço de assessoria para influenciadores digitais, assim como todo serviço de assessoria de comunicação, precisa de um tempo para que as ações planejadas surtam efeito, principalmente se você está começando como influenciador(a).

É necessário primeiro estudar e definir seu público alvo, criar estratégias para a construção de seu canal como marca, desenvolver a audiência, otimizar o canal para o motor de busca do YouTube, entre outras coisas. E isso não acontece “do dia para a noite”.
Geralmente levam alguns meses para que você possa ver os resultados de um planejamento cuidadoso. E não se esqueça que quando você contrata uma assessoria, você está contratando uma equipe pra chamar de sua. Então tudo acontece em equipe, o que significa que parte dos resultados (a maior parte) é sua responsabilidade.
Nem a melhor estratégia do mundo pode gerar os melhores resultados, se o contratante não faz sua parte. E sua parte envolve colocar em prática as orientações que a equipe de comunicação propõe, se comunicar constantemente com a equipe, compartilhar toda informação necessária para que a equipe de comunicação possa trabalhar bem. E infelizmente nem sempre é assim. Às vezes um cliente pode achar que não precisa contar detalhes sobre seu conteúdo ou suas ações como influenciador, pensando que o trabalho da agência é “separado” do que ele fizer. Ledo engano!

Além disso, há vários fatores que influenciam no sucesso de um projeto. A temática do canal, regularidade das postagens, sazonalidade do assunto principal do canal entre outros. Portanto, o sucesso pode levar alguns meses ou mais. Mas sempre vai valer a pena!

Se você quer ajuda profissional para sua carreira como influenciador, CLIQUE AQUI e conheça nossos pacotes de serviços.

Ser YouTuber é profissão? É sim! Saiba quando.

Um fato é que atualmente, milhares de pessoas em todo o mundo ganham dinheiro e vivem da renda gerada pelo YouTube. Mas isso faz da ocupação “YouTuber” uma profissão? Quando é que sim e quando é que não? Vamos te mostrar isso nesse artigo.

Em primeiro lugar, falemos da “origem” do nome “YouTuber”. Em inglês, geralmente títulos e pronomes que terminem em “er” dão desinência a uma pessoa que realiza uma atividade com regularidade, geralmente de maneira profissional. Alguns exemplos: mariner = marinheiro comander = comandante. Mas aqui não é aula de inglês. O que queremos comentar é que, com o sucesso das plataformas sociais online, as pessoas que têm o costume de produzir e publicar conteúdo nelas acabou ganhando o mesmo final “er”. Dessa forma, quem produz para o Instagram se transformou em “Instagrammer”, quem joga de maneira regular se tornou “Gamer” e, claro, os que produzem para o YouTube em base regular, são os “YouTubers”.
Então é normal pensar em quem tem canal no YouTube como um Youtuber, certo? Mas será que todo mundo que tem canal no YouTube é YouTuber?

Quando você NÃO é um YouTuber

Bem, já vimos que ganha a terminação “er” em inglês aqueles que se dedicam de maneira regular a fazer alguma atividade. Isso nos mostra que um YouTuber é alguém que produz conteúdo constantemente para seu canal. Isso indica que ele não vai gravar um vídeo e postar hoje, e o próximo quando “der”. Toda semana em seu canal, vai ter vídeo novo, no mesmo dia e horário.

Também vimos que geralmente os nomes em inglês com final “er” designam profissionais. E isso não é diferente no caso do Youtube. No caso do YouTube, o dono de um canal vê nele um negócio, uma empresa. E como toda empresa, a meta é ter lucro com ela.
Dentro da plataforma vermelha, existem muitos canais profissionais. Um detalhe importante é que nem somente o canal que recebe muito dinheiro de anúncios do YouTube é profissional. Muitas empresas e profissionais usam o YouTube para publicar aulas, demonstrações, apresentações e material corporativo em geral. Esses vídeos podem não receber milhões de visualizações, mas foram feitos com o propósito de promover um negócio, uma empresa ou um profissional, e são produzidos constantemente. Portanto são canais profissionais também.

Então, se você tem um canal no YouTube, mas posta vídeos apenas “de vez em quando” e são vídeos sem nenhum cuidado com edição ou roteiro, não dá pra considerar você um YouTuber. E não tem nada de errado com isso. O próprio YouTube foi criado para que qualquer pessoa pudesse postar o vídeo que quisesse, para qualquer motivo, inclusive, como uma recordação de família, por exemplo.

Ou seja, se seu canal tem conteúdo casual e sem muito compromisso com qualidade e nem uma constância, então você é um usuário do YouTube, mas não um “YouTuber”.

Provas de que você é um YouTuber

Bem, se você leu o que comentamos anteriormente, com certeza você já sabe o que é necessário para se ser um YouTuber:

  • Postar conteúdo constantemente, de preferência no mesmo dia e horário, sempre.
  • Cuidar do conteúdo dos vídeos, para que sejam bons e bem preparados.
  • A edição é bem feita, mesmo que não for cheia de efeitos especiais.
  • Você usa seu canal para fazer dinheiro, seja por meio de anúncios do canal, anúncios que você negociou diretamente ou não, uso corporativo constante entre outros meios de monetização.

Afinal, Youtuber é profissão?

Parece que ficou fácil responder a essa pergunta também não é mesmo? Afnal, se quem vende leite é leiteiro, quem conserta sapatos é sapateiro, quem faz vídeos para o YouTube, de maneira profissional, é YouTuber e é sim um profissional.

Inclusive já existem países que reconhecem a palavra “YouTuber” como uma ocupação profissional, sabia?

Além disso, cada vez mais surgem serviços para essas pessoas. Já existe até graduação universitária como Influenciador Digital! E vários cursos de pós graduação que abordam esse tema. Portanto, existe sim a profissão YouTuber!

E você é YouTuber? Quer ajuda profissional para sua carreira? CLIQUE AQUI e conheça nossos pacotes.

Agência de YouTubers: leia isso antes de contratar

Então, você decidiu investir na carreira de influenciador digital, criando conteúdo para o YouTube. Você já leu bastante sobre o assunto, já escolheu uma temática para seu canal e o nome também.

E como você quer que seu canal funcione como uma empresa, você viu que o ideal é trabalhar com uma equipe, de preferência, composta por profissionais. Mas o que uma agência de YouTubers pode ou não fazer por você?

O que uma agência de YouTubers NÃO faz (nem deve prometer):

  • Resultados “mágicos”: mesmo contratando profissionais, você deve desconfiar e muito de profissionais e agências que te prometam que você vai ter resultados rapidamente, logo no primeiro mês.
    Antes de crescer, um canal precisa estar bem estruturado. Muitas pessoas nos procuram pedindo para “divulgar” seu canal, pensando que é isso que falta para o canal crescer. Ledo engano! Nós já comentamos aqui no blog e vamos falar novamente. Se seu canal precisa melhorar coisas importantes como conteúdo e edição, divulgar ele vai ser a pior coisa que você pode fazer. Vai apenas mostrar pra mais pessoas o ruim que é seu canal no momento. Então o primeiro a se fazer é “arrumar a casa”, e aí com tudo bem estruturado, arrumado e bem definido, fazer divulgação.
    Nenhuma agência responsável pode prometer que em poucos dias seu canal, sem importar como ele esteja agora, vai crescer bastante. Desconfie de quem te prometer isso!
  • Ter criatividade por você: isso infelizmente é um problema frequente. Há pessoas que imaginam que a agência tem que fazer o conteúdo dele, não apenas dar ideias, mas desenvolver a matéria, cabendo ao cliente apenas apresentá-lo em seu canal.
    Lembre-se que um influenciador digital é também chamado de “criador de conteúdo” por uma razão, e sabe qual é? Criar conteúdo! Nós já escrevemos aqui como você pode fazer para ter ideias para conteúdos, se perdeu esse artigo, você pode clicar AQUI para ver. A responsabilidade por criar conteúdo é sua como influenciador. A equipe da agência pode e deve te orientar sobre os melhores temas, mas o conteúdo em si deve partir de você, sempre. É parte de seu trabalho!
  • Garantir prazos para que seu canal monetize ou vá “do zero ao sucesso”. Sabe a razão disso? Simples, em primeiro lugar cada canal tem um amadurecimento único. Aliás uma coisa que você nunca deve fazer é comparar o crescimento do seu canal com outros, principalmente se o tema do outro canal não for relacionado ao seu. Mas isso é assunto para outro artigo. O ponto é que um canal, devido a uma série de fatores (carisma do apresentador, conteúdo estar em alta, ganhar visibilidade em outros meios importantes de comunicação, etc) pode viralizar e se tornar popular rapidamente. Um exemplo interessante é o canal Treta News, que no primeiro ano de existência atingiu a marca de 1 milhão de inscritos. Por outro lado, conhecemos influenciadores muito bons que hoje tem mais de 3 milhões de inscritos e que levaram 4 anos para atingir 1 milhão de inscritos.
    O que a agência pode e deve fazer é trabalhar com carinho e profissionalismo. Isso garante que seu canal vai crescer sim, mas no ritmo correto e da maneira certa.

O que uma agência de YouTubers PODE e DEVE fazer

  • Ser transparente com seu cliente, sempre. A melhor coisa é trabalhar sem esconder opiniões importantes, ou pareceres que podem fazer diferença, mesmo que sejam incômodos. Como profissionais, nós temos que informar a você quando tudo vai bem, assim também como quando algo não vai bem no seu projeto. Só assim haverá base para melhoras. Então, se há algum problema, seja com alguma coisa nos vídeos, seja com algo relacionado a estratégia ou qualquer outra coisa, isso precisa ser comentado com você, sempre.
  • Orientar, sempre! O que mais o cliente precisa é de orientação, inclusive, é pra isso mesmo que a agência existe. E isso deve ser constante. Um cliente não pode ser abandonado por sua agência, contatado apenas de vez em quando e de maneira superficial.
  • Se guiar por um plano de comunicação, que deve ser revisto e ajustado sempre que for necessário. Isso garante que o atendimento seja bem planejado e bem executado, gerando satisfação para o cliente.
  • Oferecer equipe com várias habilidades. Isso permite que seu canal seja cuidado em todos os aspectos.

Aqui na Warp, fazemos assim…

Aqui na Warp Media, nossa meta é cuidar do sonho de pessoas. Quem nos procura tem o desejo de, ou começar a realizar seu desejo de se tornar influenciador, ou de se profissionalizar como influenciador. Seja como for, veja os serviços que oferecemos a nossos clientes:

  • Edição de vídeos
  • Desenvolvimento de capas para vídeos e outros elementos gráficos
  • Suporte para desenvolvimento de temas para seu canal
  • Otimização dos vídeos, com técnicas modernas de SEO (Otimização dos motores de busca)
  • Campanhas de divulgação do seu material
  • Gerenciamento de suas redes sociais
  • Conectamos seu canal com possíveis anunciantes
  • Assessoria de comunicação.

Bem, se você está lendo esse artigo, pode ser que você esteja pensando em procurar ajuda profissional. Quer conhecer nossos pacotes de serviço? CLIQUE AQUI para ver. Vamos trabalhar juntos!

10 passos para ser tornar um Digital Influencer

Como o marketing de influência é eficaz, o marketing de influência se tornou uma prioridade para muitas marcas. Não faltam empresas dispostas a gastar tempo e dinheiro com verdadeiros influenciadores, que conquistaram o sucesso, tornaram-se elas mesmas e atraíram seus seguidores para se juntarem à sua marca. Mas como você cria o tipo de público que a empresa deseja atingir?

  • Foque na sua persona.

Comece a criar conteúdos criativos de forma generalizada, mais nada de agir e nem percar no excesso, para o público já existente, disponibilize conteúdos que possa gerar valor na vida de alguém, e assim as pessoas possam participar, isso vai ter um efeito duradouro e você vai construir o seu público em massa.

  • Compartilhe os seus conhecimentos e dia a dia livremente.

Seja uma pessoa apaixonada por sua história, causa e oferta, assim foque em sabe tudo sobre você, é compartilhe tudo o que aprender de graça, é assim que as pessoas consomem conteúdo, pois isso fera um valor pra elas.

  • Estratégia e procedimento precisam ser seguidos.

Uma boa base precisa ser feita para que você consiga atrair parceiros, gerencie tudo o que faz de maneira estratégica, tenha uma energia criativa e administrativa, isso vai te ajudar muito na hora de criar seus conteúdos.

  • Sua única voz.

Os grandes influenciadores digitais se destacam pelos os conteúdos que entregam e a frequencia disso, quanto mais conteúdo você entregar, mais perfis seguirão você.

  • Tenha um fluxo constante de postagem.

A frequencia de conteúdos gera valor e conexão com o seu público, além de estreitar um bom relacionamento também, é essencial que essas publicações sejam feitas constantemente, monte um calendário e gerencie bem isso.

  • Inspire confiança e seja autentico.

Ser você quer enganjar seu público, é essencial ser transparente e autentico, as pessoas querem aprender e você tem que está disposto (a) a ensinar, lembre-se que um social mídia é um figura pública, sua vida é compartilhada quase o tempo todo nas redes.

Sua originalidade é o que vai inspirar autenticidade e confiança.

  • Concentre-se em acompanhar as metricas que importam.

Se você quer ser um bom influenciador, não fique contando seus seguidores, porém utilize ferramentas que controle e gerencie os seus acessos e constância do mesmo, isso é importante para que você saiba ser está indo bem.

  • Seja inteligente, cuidado com a vunerabilidade.

Cuidado com o que fala nas redes sociais, utilizar suas fraquezas é uma ponto importante para aproximar público, mais seja honesto e ao mesmo tempo bem cauteloso, exponha coisas que não queime o seu filme.

  • Jamais pegue atalhos.

Não compre seguidores, não utilize robôs, ou outras formas que sejam mais rápidas para que você chegue onde deseja, seja transparente e construa a sua própria audiência de fato a quem você deseja influenciar.

  1. Jamais arrisque a sua reputação, isso é muito importante.

Confiança e autoridade é o que você precisa construir, não caia em ciladas, você vai ver que com tempo e fazendo tudo certinho sua autoridade nas redes vem.

Mas afinal, o que é ser um influenciador das redes?

Se alguma coisa pode mostrar como o surgimento das redes sociais mudou todas as áreas de nossas vidas. É um influenciador digital. Essa profissão relativamente nova no mercado mostra claramente que quando falamos sobre curtidas, comentários e opiniões, estamos falando sobre coisas que a sociedade está seguindo ou rejeitando.

Porém, em inúmeras publicações, publicações de participação, cooperação e parceria, a pergunta ainda permanece: o que é ser um influenciador? Como é o dia a dia de trabalho neste setor? Com isso em mente, conversamos com alguns especialistas no assunto para entender melhor a verdade por trás da carreira dos influenciadores digitais

Mas, com base no termo influenciador digital (ou literalmente influenciador digital), basicamente uma pessoa tem o poder de influenciar um grupo específico de pessoas. Esses especialistas em mídia social influenciam centenas ou até milhares de seguidores todos os dias com seu estilo de vida, opiniões e hábitos.

Vale destacar que o desenvolvimento do influenciador digital ocorre em proporção direta ao aumento do consumo de informações e produtos na Internet. As marcas aproveitaram esse momento para estar mais presentes e mais próximas do consumidor. Na prática, um influenciador influencia e conquista seguidores e fãs por meio da produção de conteúdo, bem como do uso de mídias digitais (neste caso na maioria das vezes Instagram, Facebook, YouTube ou mesmo blog) como meio de divulgação de informações.

Entenda que os influenciadores estão sempre sob os olhos do mercado.

No entanto, existem muitas coisas sobre os influenciadores que não temos o hábito de seguir. Na verdade, esses são os bastidores dessa carreira. Em primeiro lugar, pode-se ver que a crescente importância dos influenciadores tem afetado várias áreas da indústria. Na verdade, mais do que imaginamos.

Hoje, quando você pensa em lançar qualquer produto ou serviço, um dos fatores que sempre leva em consideração é como ele será aceito na internet e nas redes sociais. Ou mesmo pesquisas de mercado a esse respeito costumam ser realizadas, em grande parte, por meio da Internet e das redes sociais.

Se você quer sabe mais sobre esse incrível mundo dos influenciadores digitais venha conversar conosco que vamos tirar todas as suas dúvidas www.warpmedia.com.br/serviços.

Como ser tornar um youtuber de sucesso.

Moda, literatura, música, e também culinária e até algumas situações interessantes que você podem encontrar assunto no canal do YouTube. A cada dia, novos vídeos são postados no site em formato curto, e o volume de produção não é grande, a maioria dos vídeos são exibidos na apresentação das ideias do dono da página.

Este formato gera muitas visualizações e seguidores leais, então atrai anunciantes e o próprio YouTube. É aqui que a diversão de fazer vídeos pode se transformar em um negócio lucrativo.

É possivel trilhar esse caminho de sucesso se atentando a algumas dicas de como ser tornar um youtuber, confira a seguir:

Você sabe definir bem o que é sucesso para você?

Você deve está pensando em mil coisas, fechar muitas parcerias, ganhar rios de dinheiro e por ai com certeza vai.

Na realidade ser um youtuber de sucesso e juntar um soma de valores e fatores que vai levar em consideração a uma só palavra: ENGAJAMENTO.

Pois um youtuber de sucesso é o profissional/figura pública capaz de influência seus seguidores, onde os seus conteúdos geram valor, essa é a base de sucesso de qualquer canal na internet.

Por isso, sucesso requer:

  • Ter um público muito bem definido;
  • Conteúdo que gere relevância e valor;
  • Interação entre o seu público;
  • Conteúdo coerente ao seu canal.

No geral é isso que faz uma pessoa comum ser tornar um youtuber de sucesso.

Confira as 7 dicas a seguir para ser tornar um youtuber de sucesso.

Agora que você conhece os elementos que juntos explicam como se tornar um Youtuber de sucesso, é hora de colocar a mão na massa. A partir de agora, falaremos sobre todos os fundamentos que lhe permitirão criar um canal coerente e começar a ganhar novos seguidores e fãs.

  1. Fale sobre algo ou coisas que você gosta e ama.

O primeiro passo para determinar como ter sucesso no YouTube é, sem dúvida, encontrar um tópico que você adore e domine. O grande erro de muitos empreendedores no mundo do YouTube é tratá-lo apenas como um negócio.

Na verdade, a grande diferença na “nova comunicação” que surgiu com o surgimento dos influenciadores digitais é exatamente o que a humanização está presente no conteúdo. Se ainda não sabe do que falar, não se preocupe! Você pode investir em técnicas que estimulem a criatividade, como brainstorming e anotar tudo que vier à sua mente!

  • Engajamento é importante.

Depois de encontrar um local adequado, é hora de planejar! A fase de planejamento é dividida em várias etapas, e todas as etapas devem ser realizadas com o máximo cuidado e cautela. Nunca se esqueça: este é o seu negócio.

Na etapa do planejamento leve em consideração alguns pontos importantes:

  • Público alvo;
  • Tipografia do conteúdo que esta utilizando;
  • Período das suas postagens;
  • Canais de comunicação do seu público;
  • Posicionamento da sua marca;
  • Sua identidade visual;
  • A comunicação e linguagem do seu público.
  • Invista em bons processos e bons equipamentos.

Não entre em pânico ao ler o título do terceiro item da lista! Investir em equipamentos de qualidade não significa gastar muito dinheiro.

 Na verdade, para entender como se tornar um youtuber de sucesso, o mais importante é saber que a qualidade do conteúdo disponibilizado é fundamental, independentemente do preço do equipamento. Dito isso, saber fazer escolhas estratégicas é tudo.

Por exemplo: Ao determinar qual câmera é a melhor para gravar um vídeo no YouTube, lembre-se do objetivo do vídeo. Geralmente, o melhor equipamento em cada caso não é o equipamento mais caro.

Pegue o jogador do youtuber como exemplo. Ao conectar a câmera ao computador, você pode criar vídeos de alta qualidade. Além de capturar, lembre-se de investir em um editor de vídeo de alta qualidade (você pode usar inúmeros programas gratuitos no seu computador ou até mesmo no seu celular) e bons efeitos, como colocar música no vídeo e bons efeitos de transição e corte .

  • Interaja com o seu público.

Lembra do que falamos sobre a importância da participação? Para entender como se tornar um youtuber de sucesso, você precisa manter esta palavra-chave em mente! Sempre que possível, insira uma frase de chamariz (ou CTA) no vídeo.

Seja como parte do script (quando o youtuber pede ao espectador para “se inscrever no canal e ativar o toque de notificação”), como parte da descrição do vídeo (incentive comentários e compartilhamento), ou mesmo como uma comunicação complementar. O segredo é construir um relacionamento próximo com o público e aumentar o senso de comunicação entre você e seus seguidores.

  • Sua presença é muito importante.

Consistente com o item anterior, nos tornamos com sucesso o quinto item na lista do youtuber: status online. Não há como estimular a interação para respondê-las não faz sentido.

Sabemos que à medida que a popularidade do canal aumenta, a usabilidade dos YouTubers pode diminuir, tornando difícil manter a interação. Porém, este aspecto não deve ser ignorado! Embora a forma de comunicação com o público tenha mudado (por exemplo, o canal pode ter uma nova série que pode responder a vários comentários ao mesmo tempo), ela deve continuar a existir, pois é a principal força motriz para o sucesso do canal.

Além disso, também é importante cumprir o cronograma de publicações traçado na fase de planejamento. A partir do momento em que o canal é visto como um negócio, deve ser levado a sério!

  • Invista em diversas maneiras de ganhar dinheiro.

“Youtuber profissional” é o desejo de muita gente hoje. Isso porque um canal famoso (como o youtuber Whindersson Nunes) pode ganhar $ 140.000 por mês! No entanto, além do custo por mil impressões (CPM) que o próprio YouTube paga, os menores youtubers também podem encontrar outras maneiras de monetizar seus canais.

Uma é apostar em conteúdos educacionais, como a criação de cursos online. Nesse caso, o YouTube não será a plataforma definitiva para seus cursos, mas uma forma de atrair novos alunos de EAD e direcioná-los para sua plataforma.

Para fazer isso, você pode usar o canal como um “truque” para seus cursos, usando recursos como vídeo-aulas do YouTube, disseminando trechos de conteúdo ou criando versões compactas de seus cursos para atrair alunos.

  • Invista em uma boa divulgação.

Para ser ter sucesso é preciso que o seu canal seja muito divulgado, o investimento é de tempo e conhecimento, pois você precisa estudar as melhores estrátegias para divulgar o seu canal.

Algumas delas são:

  • SEO funciona muito bem no youtube;
  • Criar diversos multicanais, inclusive nas redes sociais;
  • Fazer parcerias com influênciadores digitais do seu segmento;
  • Mensurar seus resultados e usa-lo de maneira que o marketing digital te guie ainda melhor.

Se você precisa de apoio profissional para sua carreira de influenciador, CLIQUE AQUI para conhecer nossos serviços!

Vida de Youtuber: você é um inscrito “pidoncho”? Descubra aqui.

Então você está procurando algo legal pra ver no YouTube e de repente se depara com um vídeo super legal, que você assiste do começo ao fim. Em seguida, você vai ver outros vídeos desse canal e gosta de tudo o que vê. Não dá outra, você vai se inscrever no canal e ativar o “sininho” para acompanhar tudo no canal.

Aí você se tornou um fã do YouTuber em questão e do canal. E é aí que pode estar o ponto que queremos comentar nesse artigo. Com o tempo, você pode se transformar num verdadeiro “mala”, sem nem perceber. Olha só algumas atitudes que os YouTubers em geral não gostam.

Você é um “pidoncho”?

Nós já gerenciamos a carreira de vários YouTubers e acredite, a maioria das mensagens de inscritos que eles recebem são de inscritos que pedem, pedem, pedem sem parar.
Mas o que tanto eles pedem? Bem, alguns YouTubers fazem sorteios em seus canais e páginas nas redes sociais. Sorteiam itens de jogos, jogos em si, entradas para eventos entre outras coisas.
E se esses sorteios são muito frequentes, o número de pessoas que querem ganhar parece que aumenta cada vez mais. O ponto é que muitos não querem esperar para ser sorteados, eles simplesmente querer ganhar algo de seu ídolo, seja como for. Então eles começam a mandar mensagens pedindo para ganhar algo.
Mensagens assim para alguns influenciadores digitais são diárias.
Outro tipo de pedido são os de pessoas que mandam mensagens com “histórias tristes” dizendo o quanto eles tem o sonho de (ser YouTuber, ser famoso, ser isso ou aquilo) ser ou conseguir algo, mas suas circunstâncias financeiras não permitem. Dessa forma, alguns pedem computadores, jogos, vaga em equipes de e-sports, vagas em canais de games entre outras coisas.
É verdade que alguns YouTubers realmente fazem doações para pessoas necessitadas, o que é nobre da parte deles. Mas aqui, nos referimos a pessoas que querem se aproveitar da influencia do YouTuber para serem famosos também.

E apesar de que existem pessoas que realmente estão desesperadas e têm problemas sérios, como a necessidade de um veículo adaptado ou outra coisa relacionado à saúde, e apelam para seus “heróis”, a maioria dos pedidos tem outro foco.
Acredite, a maioria dos grandes YouTubers quando identificam mensagens, seja por comentários nas redes sociais ou e-mails com pessoas que vão pedir coisas, ignoram essas mensagens por completo.
Não seja um “chato” pidoncho. Você está perdendo seu tempo.

Agora, se você é ou quer ser um YouTuber de sucesso, nós somos assessoria para YouTubers e outros influenciadores digitais e podemos ajudar.

Para dar um “gás” na sua carreira de influenciador digital, CLIQUE AQUI.

Problemas em alterar o nome do canal depois de grande

Pensemos aqui em uma grande marca, que há anos vêm trabalhando seus valores e conquistando seu público. Agora imagine que por algum motivo, essa marca tem que trocar de nome (apenas o nome, os serviços continuam o mesmo).

Ah, é só um nome! Troca, ué.

Não é tão fácil assim. Essa marca têm lojas físicas em várias cidades, e nessas cidades existem vários pontos com outdoors dela (todos com sua logo).

Ela também possui anúncios rodando em rádios locais e nas redes sociais.

Com uma mudança de nome, virá também uma nova identidade visual. Que trocará completamente o que os clientes conheciam antes. Impactando diretamente na questão financeira, no momento da troca e depois dela.

Por exemplo: uma pessoa que frequentava uma das lojas da marca antes da mudança, recomendou a mesma para alguns amigos, falando o antigo nome (já que não sabia das mudanças), e indicando a localização.

Esses amigos foram a localização indicada, mas chegando lá, eles viram um nome diferente do que foi falado, na fachada. E decidiram não entrar, pensando que não era a loja indicada. Resultando na perda de possíveis novos clientes.

Mas o que isso tem a ver com o nome do meu canal? É completamente diferente!

É, realmente é diferente. Mas as semelhanças são maiores do que imagina. Pense que seu canal já tem um público bom e que você também precisa mudar o nome do canal, como a nossa marca.

Isso significa, mudar seu nome em todas as redes sociais que está presente, significa alterar sua logo, e alterar até, seus produtos (caso tenha uma lojinha online).

O exemplo da recomendação também serve aqui. Imagine quanto inscritos você irá deixar de ganhar, porque as pessoas não acham o nome do seu canal!

Por isso é tão importante você fazer uma escolha de nome segura. Para não ter problemas posteriores.

Se você quer que a gente cuide de sua carreira como influenciador, entre em contato! Clique aqui!